quinta-feira, 31 de março de 2011

Amanhã talvez já não terás tempo ...



Nos dias atuais é pedir para ser tachado de louco ou “extremista” aquele que prefere passar seu tempo longe de conversas fúteis, de festas intermináveis, de programas televisivos de baixo nível (difícil é encontrar programa de alto nível, mas isso é outra história).

Quando eu penso que Ele irá pedir conta de cada palavra, de cada gesto meu...

É difícil mesmo ficar longe das conversas fúteis (a maioria das conversas são realmente superficiais). É difícil ser tachada de chata, estranha ou fanática religiosa. Por isso terminamos tantas vezes sucumbindo. Queremos agradar as pessoas à nossa volta e nessa ânsia de aceitação terminamos por desagradar justamente Aquele a quem devemos agradar em primeiro lugar! Não é louco isso?

Quando penso que é a Ele em primeiro lugar que eu devo satisfação sobre minha vida, então fica menos difícil declinar certos convites, deixar de participar de certas conversas. A vida não é fácil mesmo, ninguém disse que seria. Temos que pedir a Deus forças para não cair, forças para fazer o que precisa ser feito e não deixar nada para amanhã. Porque o amanhã neste mundo pode ser que não venha.



Postado por: Diuly B.

Será que já posso dizer: 'te amo'?




Confesso que já vi inúmeros conflitos simplesmente sumirem no momento em que alguém resolveu dizer "eu te amo". Mesmo em meio a erros drásticos, incompreensões graves e desencontros tolos!

Quando alguém fala de amor tudo muda; coisas aparentemente muito importantes perdem espaço e até dificuldades são superadas, porque alguém resolveu falar: "eu te amo". Cuidado! Amor contido faz sofrer muito e sofrer mais ainda quem não faz romper o medo de amar com a coragem de quem resolve viver.

É isso que você precisa fazer e rápido. Agora é com você! Se não percebeu, eu lhe digo rapidinho que amar e dizer que ama é uma decisão que só você pode tomar. Tenha pressa, sim! Reflita comigo: a maioria dos problemas tem como causa o desamor! Experimente dizer: "eu te amo". Se puder, depois, conte-me os resultados!

Aproveite! É Quaresma, tempo de revisão e mudança de vida!


Ricardo Sá

Texto extraído do site da Canção Nova


Postado por Felipe Drews - Coordenador do Pós CLJ

quarta-feira, 30 de março de 2011

Cantarei, Cantará

Música é como rosa. Bonita, mas tem espinhos. Pode encantar e pode ferir. Mas o mundo a usa desde tempos imemoriais. De sons desarticulados, mas diferenciados, acabou em harmonia, som após som, justaposição de notas e virou mensagem pensada. Salmistas, sacerdotes e reis sabiam do poder da canção. Davi tocava harpa e, mais tarde, como rei, achou lugar de destaque para a música no seu governo. Música bem tocada chama o povo. Abre espaço para a mensagem que vem depois. E há uma canção mais agressiva que às vezes vem acompanhada de tóxicos; quem pensou em rock pensou errado. Há muita música que se executa regada de bebida e de tóxicos porque cria e serve a determinado ambientes, no mínimo suspeitos. Sua música traduz o seu modo de ver a terra e o céu. É que dentro da canção vai a fé ou a ideologia. Precisam dela porque além de evangelizar, a canção pode ajudar suas obras! A música une ou separa. Chama para o amor e para a guerra, para o bem e para o mal. Feliz de quem não se deixa dominar ou enganar por ela! Instrumento de diálogo, não deveria cair nas mãos nem dos violentos, nem de pessoas incapazes de dialogar. Não pode ser transformada em arma, nem veículo de mentira ou de fanatismo. É nobre demais para isso!

Fonte: Pe. Zezinho, scj


Esse é o clipe da Música Cantarei, Cantará. Interpretada por Rodrigo Grecco e Pe. Fabio de Melo. A música é muito bonita, e nos faz pensar um pouco sobre o texto.


"Nós seremos sempre jovens

Ao entardecer

Entregando a flor da vida

Para outro ser

Cantarei, cantará

Cantaremos sem parar

Cantarei, cantará

E outra vez a Rosa irá.."

terça-feira, 29 de março de 2011

CLJ São José participa de Reencontro no próximo sábado

Mais de 100 pessoas participaram do Reencontro em 2010


Pelo segundo ano consecutivo os jovens do CLJ São José vão participar do Reencontro promovido pelo Vicariato de Gravataí. O retiro ocorre no próximo fim de semana, começando no sábado, 02, à tarde, com encerramento previsto para domingo às 21 horas.

Segundo as Diretrizes e Bases do CLJ, "o reencontro é um momento de reciclagem, da revisão, para examinar seus caminhos. Trata-se de um auto-exame, uma auto-avaliação, uconversão-seque só se realiza na renovação reiterada de nossa entrega ao Senhor, para transformar o mundo".

Em 2010, apenas dez cachoeirenses (entre jovens e tios) participaram do encontro. Neste ano, estima-se que 30 jovens tenham a experiência, já que a maioria dos perseverantes no pós-CLJ confirmaram presença.

O reencontro vai contar com a presença de jovens do CLJ de diversas paróquias do Vicariato. O retiro será realizado no Seminário São José, em Gravataí.

Postado por Emilin Grings

segunda-feira, 28 de março de 2011

E AÍ: SEXO ANTES OU DEPOIS DE SE CASAR?

Diácono Carlinhos

Essa foi à pergunta formulada ao nosso bispo (Dom Irineu Silvio Wilges) na última edição do Jornal O Formigão (17). No referido jornal Dom Irineu apresenta a visão da Igreja, baseada na visão da Bíblia que por sua vez é a visão de Deus. Na mesma edição também vem à posição de dois pastores evangélicos e de uma jovem evangélica que não se constrange em expor sua condição de “virgem”.

Devemos atentar que quando Deus faz suas orientações, em sua Palavra é para nosso bem e felicidade em qualquer aspecto de nossa vida. Assim como o pecado envolve a morte espiritual e nos distância de Deus, ele também acarreta em morte emocional, afetiva e até sexual. Não raramente atendemos pessoas que se envolveram em vários relacionamentos e se entregaram sexualmente a esses parceiros e hoje vivem as consequências dessas relações. A dúvida, a desconfiança, a insegurança, entre tantos outros fatores... Estes são sentimentos que tranquilamente vão envolver a vida daquele que posteriormente for optar pelo casamento e viver um “santo matrimônio”.

Não raras vezes ouço relatos de noivos arrependidos, relatos de tristezas e frustrações, pois optaram por ouvir uma sociedade pagã, secularizada e doente e não seguiram a orientação de Deus.

Arrependidos porque gostariam muito naquele momento realmente se entregarem para a pessoa com quem estão casando. Arrependidos por não terem se guardado para a pessoa com quem estão realmente “sacramentando” sua relação para o resto da vida, quando então deixarão de ser dois e passam a ser “uma só carne”, quando Deus “unifica”, ou seja, “une” e “fica”, esse é o momento, essa é a hora da entrega total.

Caríssimos jovens esperem a pessoa especial e o momento que o Deus estabeleceu para ti - o “sacramento”. Não te antecipes, pois tu não tens garantia que será essa a pessoa com quem tu estás hoje que tu irás “selar um pacto matrimonial”, uma “aliança” para a vida toda. Quem pede “prova de amor” é porque não te respeita e porque não é digno do teu amor. Literalmente sabemos que virgem é aquilo que não foi violado ou que mantém sua característica original.

Infelizmente, algumas pessoas formam uma imagem pejorativa ao associarem a condição de pureza de homens e mulheres na sua sexualidade. Mas não deem ouvidos a essa sociedade, os resultados estão aí, vemos e ouvimos todos os dias.

Temos que ter consciência de que a sexualidade do ser humano faz parte de suas instâncias mais profundas e está interligada a todas as dimensões: na física: o prazer carnal; no psíquico: bem-estar ou tensões durante e posteriores ao ato; e no espiritual: sentido de união e complemento com a outra pessoa.

Qualquer indivíduo, com ou sem virgindade, pode ser feliz sexualmente. Mas sem dúvida aqueles que permanecem firmes em seu princípio de pureza tem menos problemas a enfrentar, e menos frustrações a viver... Não esquecendo que se trata primeiro de um Mandamento Divino...

O segredo da felicidade é andarmos nos conselhos Divinos e não deixarmos os conceitos mundanos mudarem nosso estilo de vida. Nenhum Mandamento da Lei de Deus pode ser mudado ou abolido pelas leis dos homens.

Portanto, não deixe que o mundo te seduza com as filosofias modernas de relacionamento, existe sim, prazer na obediência e alegria na fidelidade. Vivemos uma mentalidade (impulsionada pela mídia, inclusive pelos sistemas de saúde e governos) que divulga pensamentos errôneos sobre a sexualidade, não levando em conta o humano no seu todo (físico – psíquico – espiritual).

Fala-se em fazer amor (para fazer amor Deus tem que estar presente) e Ele não está presente no pecado, portanto, fazer amor e fazer sexo é diferente.

Hoje se incentiva principalmente os jovens, à perda da virgindade e ao conhecimento do corpo pautado somente nas sensações prazerosas proporcionadas pelo ato sexual, sem considerar os outros planos que existem além do físico, que são o psíquico e o espiritual. Para isso estampam virgindade e castidade como algo retrógrado, insuportável e impossível de ser vivenciado. Levam a maioria a questionar e a ridicularizar quem se declara ainda preservado na sua intimidade e desviam a atenção dos benefícios contidos em se guardar até um compromisso definitivo.

Vocês não imaginam do quanto é bonito ouvir de um casal de noivos, no dia que estão contraindo o seu “matrimônio” que se preservaram castos até aquele momento que realmente se guardaram um para o outro.

Caríssimos, atuo na orientação espiritual de dezenas de jovens, com inúmeros noivos e com muitos casais e por tudo que ouço posso lhes assegurar tranquilamente: perder a virgindade, motivado puramente pela busca de sensações carnais, pode acarretar consequências negativas no campo psicológico, gerando pressões, culpas e medos, sentimentos que a pessoa ou o casal pode não estar preparado para administrar futuramente.

Como nos assegura Dom Irineu na sua entrevista: “a visão da Igreja está baseada na visão da Bíblia que por sua vez é a visão de Deus...”

Ainda que homens e mulheres estejam sujeitos, em todas as suas dimensões, às consequências da iniciação sexual, no caso da mulher, o rompimento do hímen causa uma marca física, tornando a primeira relação muito mais impactante em seu emocional do que para o homem. E, além disso, ela coloca sua intimidade física à disposição de um parceiro que, posteriormente, pode não mais querer compartilhar de sua vida, desvalorizando a entrega que ela lhe fez.

Observando um mandamento Divino temos que ter consciência de que somente dentro do matrimônio, gestado num namoro que trouxe a confiança na cumplicidade da pessoa ao lado, a vida sexual traz plenos benefícios para as três dimensões do ser (físico – espiritual – psicológico).

O amor e a amizade, impressos na alma durante a etapa de conhecimento, fornece aos namorados a segurança necessária para posteriormente haver a doação física. É a preparação do espírito, da mente e do físico, por isso Deus estabelece quando.

Cuide do seu ambiente de namoro. Evite ambientes e locais que pelos aspectos instintivos e hormonais possam forçar a nos fazer algo do que iremos nos arrepender futuramente. Evitem locais isolados. Evitem locais que banalizam as relações físicas e ambientes que só valorizam a sexo e a promiscuidade.

O namoro é bom. O namoro é necessário. Porém que ele seja “santo” como nos propõe a Palavra de Deus, não há necessidade de entrega completa durante esse período. Por meio dessa entrega, homem e mulher não estão privados do que é bom e prazeroso, somente devem aprender a respeitar o tempo e o propósito de tudo o que foi criado por Deus, enquanto aguardam estar prontos.

Caríssimos, Deus está em tudo que é bom no ser humano, mas não está no pecado... Não está onde Ele nos diz que não devemos ir!

Como vimos optar pela virgindade até o matrimônio é compensador, pois assim, vivencia-se o sentido corporal da pureza, é prova de amor a Deus e a quem se mostrou ser fidedigno de dividir o dom da sexualidade conosco.

A Bíblia também nos alerta: “Não lanceis aos cães as coisas santas, não atireis aos porcos as vossas pérolas” (Mateus 7,6).

Agora, se por outrora, fostes enganados pelos incentivos mundanos, rompestes com esse santo ideal proposto por Deus... Pratique a castidade a partir de agora e voltem a participar de todos os méritos da pureza e das virtudes que Deus nos propõe... Verifique onde e quando fraquejastes e refaça o caminho proposto pelo Pai. Estabeleça esse propósito a partir de agora, mesmo que teu namoro, tua relação por determinado tenha estado distante do que Deus te propôs...

Espere o momento especial que o Senhor tem para ti e viva, na época certa, toda a bênção no corpo, nos sentimentos e na alma. Não te envergonhes da tua condição de “virgem”, isso te faz diferente... TE FAZ ESPECIAL!

Lembre-se, reze e pratique o Pequeno Ato de Contrição: “Meu Deus eu me arrependo de todo o coração de vos ter ofendido, porque sois bom e amável. Prometo, com a vossa graça não mais pecar. Meu Jesus, misericórdia.”


E AÍ, TU JOVEM LÍDER CRISTÃO - O QUE PENSA SOBRE ISSO?

A REDEVIDA estreou mais um novo programa, e agora o foco foi a juventude!

Apresentado por Diego Fernandes, o programa Acorde leva muita alegria e louvor para os lares da família brasileira. Cantores, ícones da música católica, recheiam o programa com muita alegria, levando suas mensagens de amor a Deus. Dicas de música, vídeos clipes e apresentações acústicas com piano de cauda e violões são algumas das novidades do novo programa.

O programa apresenta quadros como “Acorde para música”, que traz dicas de técnica vocal, postura, entre outras informações para aqueles que querem conhecer um pouco mais do mundo da música; “Acorde para a vida”, que leva reflexões como o sentido da vida, a coragem de ser você mesmo, fazendo com que o jovem enxergue na vida não só suas limitações, mas sim as possibilidades que a vida traz; e o quadro “Acorde para Deus” que, através de orientações, leva fé, esperança e espiritualidade para o jovem e sua família.

Assista ao programa Acorde semanalmente no canal REDEVIDA (Parabólica ou tv por assinatura) todos os domingos, às 21 horas e reprise nas terças, às 4h15 da manhã.

Postado por: Juninho.

domingo, 27 de março de 2011

CNBB “REALITY SHOWS ATENTAM CONTRA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA”

O Conselho Episcopal Pastoral da CNBB (Consep) divulgou, na quarta-feira, 16/02, uma nota condenando o “baixo nível moral que se verifica em alguns programas das emissoras de televisão”. Os bispos citam especialmente os reality shows “que têm o lucro como seu principal objetivo”. Os bispos reconhecem “os importantes serviços” prestados pela televisão brasileira, mas lamentam que os programas bons sejam “ofuscados” pelos de baixo nível como os reality shows. “Lamentamos, entretanto, que esses serviços, prestados com apurada qualidade técnica e inegável valor cultural e moral, sejam ofuscados por alguns programas, entre os quais os chamados reality shows, que atentam contra a dignidade da pessoa humana, tanto de seus participantes, fascinados por um prêmio em dinheiro ou por fugaz celebridade, quanto do público receptor que é a família brasileira”, diz a nota. Às TVs, a CNBB sugere “uma reflexão mais profunda sobre seu papel e seus limites, na vida social, tendo por parâmetro o sentido da concessão que lhes é dada pelo Estado”. Já ao Ministério Público, os bispos pedem “uma atenção mais acurada no acompanhamento e adequadas providências em relação à programação televisiva, identificando os evidentes malefícios que ela traz em desrespeito aos princípios basilares da Constituição Federal ( Art. 1º, II e III)”. A CNBB lembra também o compromisso dos pais, mães e educadores, de formar, nos filhos e alunos, o senso crítico capaz de protegê-los “contra essa exploração abusiva e imoral”, e alerta os anunciantes sobre a associação de suas marcas “a esse processo de degradação dos valores da sociedade”.


Fonte: CNBB


Postado por Diácono Carlinhos

sexta-feira, 25 de março de 2011

O Vestido Azul


Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita. Acontece que essa menina frequentava as aulas da escolinha local num estado lamentável. Suas roupas eram tão velhas que seu professor resolveu dar-lhe um vestido novo. Assim raciocinou o mestre: "É uma pena que uma aluna tão encantadora venha às aulas desarrumada desse jeito. Talvez, com algum sacrifício, eu pudesse comprar para ela um vestido azul".

Quando a garota ganhou a roupa nova, sua mãe não achou razoável que, com aquele traje tão bonito, a filha continuasse a ir ao colégio suja como sempre, e começou a dar-lhe banho todos os dias, antes das aulas. Ao fim de uma semana, disse o pai: "Mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more num lugar como este? Que tal você ajeitar a casa, enquanto eu, nas horas vagas, vou dando uma pintura nas paredes, consertando a cerca, plantando um jardim?"

E assim fez o humilde casal. Sua casa ficara mais bonita que todas as outras da rua, e os vizinhos, inspirados naquela casa, se puseram a arrumar as suas próprias moradias. Desse modo, todo o bairro melhorou consideravelmente. Por ali, passava um político que, bem impressionado, disse: "É lamentável que gente tão esforçada não receba nenhuma ajuda do governo". E, dali, saiu para ir falar com o prefeito, que o autorizou a organizar uma comissão para estudar que melhoramentos eram necessários ao bairro. Dessa primeira comissão surgiram muitas e muitas outras e hoje, por todo o país, elas ajudaram os bairros pobres a crescerem e melhorarem.

E pensar que tudo começou com um vestido azul. Não era intenção daquele simples professor concertar toda a rua, o bairro, nem criar um organismo que socorresse os bairros abandonados de todo o país. Mas ele fez o que podia, ele deu a sua parte, ele fez o primeiro movimento do qual se desencadeou toda aquela transformação.

Gardel Costa

'Pense, uma atitude sua, pode mudar uma vida inteira.'

Postado por Elisa Baumhardt

quinta-feira, 24 de março de 2011

Com que roupa eu vou?


Você já se perguntou como deve ir vestido à Igreja? Infelizmente, nem todas as pessoas têm essa preocupação. Não é porque vamos à Igreja que não precisamos nos arrumar bem, é justamente o contrário! Quando digo sobre nos arrumarmos bem, não estou dizendo em questão de “elegância”, e muito menos de modismos, mas de decência e de decoro.

A Casa de Deus não é qualquer casa, muito menos um lugar qualquer. Lamentavelmente, as pessoas têm a idéia errada de que a Casa de Deus é igual à “casa-da-mãe-joana”, e adentram nela vestidas bastante “à vontade”, quando não desleixadas ou mesmo irreverentes. A Igreja é um lugar Santo, pois ali reside Nosso Senhor na Hóstia Consagrada dentro do Sacrário, e é por este motivo que devemos estar bem apresentáveis (com decoro e decência) quando adentramos no Santo Templo de Deus.

Pois bem, na Igreja reside o Rei dos reis, Senhor dos senhores, e tem gente que insiste em ir lá vestida com trajes inapropriados, quase praianos. Para Deus devemos nos apresentar com o maior zelo possível, da melhor forma possível de acordo com a condição de cada um. Vestir-se bem na presença de Deus não implica em usar roupa chique, mas em usar roupa modesta! Portanto, vestir-se bem é sinônimo de modéstia.


GURIAS: JAMAIS se deve ir à Missa com roupas justas, com o colo de fora, mostrando partes dos seios, ou com os ombros, as costas, a barriga e as pernas de fora ou expostas sob roupas colantes. Além de ser vulgar e indecoroso, é desrespeitoso para com Deus e para com o Sacerdote que celebra a Santa Missa.
GURIS: JAMAIS se deve ir à Missa de regatas e bermudas! Além de ser sinal de desleixo (pois Igreja não é ambiente praiano nem barzinho), é falta de respeito para com Deus.


Não há desculpa para nos comportarmos mal ou nos vestirmos impudicamente, pois o exterior reflete o interior.

Fonte: Melissa Bergonso


Postado por: Jéssica

SEXO ANTES OU DEPOIS DE CASAR?

Como a fé orienta os jovens a se preservar



Um dos ditos populares mais antigos prega que política, religião e futebol não se discutem. No entanto, há programas de TV que só falam de bola, a política cada vez mais faz parte do cotidiano global com o crescimento da comunicação e a fé esteve sempre presente em temas polêmicos. Um deles é em relação ao sexo e à sua prática. Enquanto a igreja prega que os jovens se preservem e esperem o casamento, há um notório crescimento de casos precoces de descoberta do sexo.
E com isso vêm casos inesperados e problemáticos, como uma gravidez não planejada e episódios que podem ser ainda mais traumáticos – como contrair uma doença sexualmente transmissível. Então, de um lado está o pensamento de que esperar é careta. Do outro, a fé aconselha a esperar.


E você, de que lado está?




Mariana frisa que existe idade para tudo - Ela vai esperar!


Mariana Brum Figueiredo Vieira, 14 anos, decidiu que irá esperar pelo casamento para iniciar sua vida sexual. A garota conta que praticamente nasceu dentro da igreja, já que o seu pai foi pastor evangélico. Estudante da Escola Rio Jacuí, a garota é antenada nas novidades do mundo digital, mas nem por isso pensa em acelerar as coisas.
“Meu pai sempre fala que existe uma idade certa para tudo e acredito nisso. Acho errado quem faz isso muito novo porque amor é coisa séria e é preciso ter maturidade para não fazer bobagem”, comenta. Mari conta que já teve um namorado, mas que apesar disso jamais beijou. Ela namorou por três meses e saía com o rapaz na companhia dos seus pais. “Existem casais assim na igreja”, diz ela.


TÁ LIGADO



Antigamente, os costumes eram tão restritivos quanto ao lance do sexo antes do casamento que algumas noivas não vestiam branco, por serem consideradas impuras, conforme o entendimento da época.



SE LIGA



Formigão buscou entrevistas com pastores evangélicos e com o bispo dom Irineu Wilges, para abordar o assunto. Confere aí:



Pastor Marcos e pastora Aline Freitas, da Igreja Evangélica Embaixadores de Cristo.


Qual a visão da igreja sobre o sexo?
A igreja evangélica tem a Bíblia como base: ensinamos o que a Palavra de Deus diz. A igreja não recrimina quem pratica o sexo, pregamos para que o jovem espere para que o sexo aconteça com amor depois do casamento.
O jovem deve esperar?
O certo é que o jovem espere. Orienta-se que os jovens não namorem sozinhos, devem estar com amigos e familiares. A igreja evangélica não tem preconceito. O seu papel é preservar o jovem dessa sociedade evoluída, que transmite na mídia o sexo como algo normal, apressado.
E o uso do anticoncepcional e da pílula, pode?
Aceitam-se todas as formas de proteção. A camisinha é a melhor forma para prevenir DSTs.
Acham que o jovem se afastou da Igreja por causa de suas proibições?
O jovem acha a igreja é careta, ela se fechou demais em todos os quesitos e não criou espaço para os jovens?
Na Embaixadores de Cristo, há cerca de 150 jovens, onde promovem encontros, como luaus, festas de video-game, colocam telões e assistem filmes.
Fala, bispo Dom Irineu!

Qual é a visão da Igreja sobre o sexo?

A visão da igreja é a visão da Bíblia, que é por sua vez a visão de Deus. Deus criou o homem e a mulher. Eles são a obra prima da criação. Só eles foram criados à imagem e semelhança de Deus. Deus os criou homem e mulher sexuados. Logo, o sexo é belo e querido por Deus. Disse: “Crescei e multiplicai-vos”. Colocou assim a finalidade do sexo. Sexo não é um esporte, nem uma droga. Como é bonito o rapaz e a moça se preservarem para o casamento. Destacamos que a própria Bíblia nos diz que há tempo para tudo. Uma fruta jamais deve ser colhida antes do tempo, pois não terá o mesmo sabor e o mesmo valor.

O jovem deve esperar?
Sim! O jovem deve preservar-se para o matrimônio. É uma lei de Deus. A sociedade contemporânea idolatra os deuses do ter, poder e prazer, prática que nos demonstra todos os dias estar equivocada. Basta olharmos o número de jovens frustrados, doentes, com filhos não planejados, famílias desestruturadas. Também os jovens esqueceram que seu corpo é templo do Espírito Santo e o maculam diariamente. A virgindade preservada até o casamento é um ato de amor, de respeito para com o próprio jovem e com a pessoa escolhida como aquela com quem queremos viver a vida toda. Tivemos a alegria de conversar com muitos noivos no dia do seu matrimônio e nenhum deles se diz arrependido de ter se preservado e se guardado para aquele dia, pelo contrário, seus testemunhos são belos e uma verdadeira prova de amor. O próprio corpo feminino é provido de um órgão que demonstra não ter havido entregas anteriores.
O uso da camisinha e do anticoncepcional pode?

A igreja propõe e orienta para os métodos naturais, que são os mais saudáveis e mais baratos. Sabe-se de doenças que são causadas pelo uso dos anticoncepcionais que alteram o metabolismo do corpo humano deixando sequelas irreparáveis principalmente as mulheres. Como a igreja não prega o sexo livre e descontrolado, fora do matrimônio, ela não indica o uso da camisinha.
A igreja prega o sexo responsável. O uso da camisinha está restrito àquelas situações orientadas pelo papa Bento XVI, em caso de prostituição, com vistas em reduzir o risco de infecções. Não sendo verdadeira, portanto, a afirmativa que o papa liberou o uso do preservativo.

O senhor acha que o jovem se afastou da Igreja por causa das proibições da Igreja?

Não. O que vejo é o aumento do número de jovens procurando a igreja, justamente porque não encontraram respostas para os seus anseios e seus problemas no mundo. Cresce o número de jovens aderindo aos nossos movimentos, serviços e pastorais. Observe os inúmeros projetos que a Juventude Católica realiza nos nossos hospitais, creches, asilos e que não se constrangem em mostrar o rosto jovem de Deus. Pergunte a um destes jovens que se ele está triste porque não idolatra aos deuses do ter, poder e prazer... Consulte a um jovem se ele tem vergonha de mostrar aos seus amigos e colegas o rosto jovem de Jesus Cristo que é o seu verdadeiro líder e ideal.
A igreja hoje acolhe o jovem do jeito que ele é... Respeita a sua maneira de ser, porém, o indica os valores e os preceitos cristãos. Há uma grande confusão em momentos de alegria e prazer, com felicidade. A felicidade é um estado de espírito e as pessoas a confundem com momentos de prazer, libertinagem ou de falsa alegria e satisfação.
Comentários
23/03/2011 02:33
DIÁCONO CARLINHOS:

Gostaria de "ratificar" as palavras de Dom Irineu... talvez, até por algum momento os jovens tenham se afastado da Igreja... mas o que vemos hoje é o contrário... são os jovens voltando, buscando a igreja... e não apenas se fazendo presente... mas sendo protagonistas e agentes da transformação da realidade social onde está inserido... Se me permitem indicar um endereço eletrônico, visitem o BLOG DO CLJ da Paróquia São José - Diocese de Cachoeira do Sul e vejam os textos que são postados e comentados pelos próprios jovens: http://cljparoquiasaojose.blogspot.com/

Nossos jovens hoje, não mais assistem a banda passar... mas estão nos hospitais, nas clínicas, nos asilos, nas creches, nas escolas... mostrando o rosto jovem de Deus... fazendo exatamente aquilo que o Papa João Paulo II pediu... que eles sejam do mundo, sem serem mundanos...

Parabéns aos nossos irmãos evangélicos também pelo belo testemunho...

Parabéns Mariana pela tua coragem... que Deus te abençoe, hoje e sempre...

Shalom!

Fonte:
Jornal FORMIGÃO - http://www.jornalformigao.com.br/
Postado por Diácono Carlinhos

quarta-feira, 23 de março de 2011

PROJETO "SORRISO GRÁTIS" - RECEBE NOTA 10

O comerciante Leonardo Rosa, 21 anos, entrou em contato com o JP para atribuir nota 10 ao grupo de jovens voluntários "SORRISO GRÁTIS". “Semana passada fui visitar um parente meu que estava hospitalizado e achei muito legal a iniciativa deles, de fazer o bem”, disse Leonardo.

Jornal do Povo - Linha Direta - Nota 10 - Edição do dia 23/03/2011

CNBB apoia Lei Maria da Penha


A Lei representa uma grande conquista para as mulheres brasileiras, pois incorporou o avanço legislativo internacional e se transformou no principal instrumento legal no enfrentamento da violência doméstica contra a mulher no Brasil, inclusive com reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU), como uma das melhores legislações do mundo.

As estatísticas, no entanto, revelam que o país ocupa a 12ª posição no ranking mundial de homicídios femininos (Mapa da violência - 2010, Datasus). No período de 1997 a 2007, 10 mulheres foram assassinadas por dia no Brasil. Isso merece nosso repúdio e indignação.

São, portanto, motivo de preocupação as interpretações restritivas e as tentativas de revisão dos artigos 16 e 41 da lei que diminuem sua eficácia e representam um significativo retrocesso na sua implementação e aplicabilidade. Tais restrições acarretam menor punição aos agressores, aumento do arquivamento dos processos, o desestímulo das mulheres em denunciar e exigir prosseguimento das investigações.

A Lei Maria da Penha é instrumento que levou a sociedade a realizar ações positivas no enfrentamento dos atos de violência contra a mulher. Cabe aos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo cuidar pela sua manutenção tal como aprovada, não permitindo nenhum tipo de retrocesso ou omissão.

A Igreja, comprometida na defesa dos Direitos Humanos, manifesta-se, mais uma vez, a favor do respeito à dignidade da mulher, incentiva os esforços de instituições e da sociedade na luta pela superação de todo e qualquer tipo de violência, possibilitando a construção de uma cultura de paz no ambiente familiar e social.





Brasilia, 22 de março de 2011
Fonte: CNBB




Postado por: Jéssica

terça-feira, 22 de março de 2011

A RELIGIÃO TAMBÉM GEME EM DORES DE PARTO

Dados de censos colhidos desde o século 19 indicam que a religião pode ser extinta em nove nações ricas que foram analisadas em um estudo científico.

A pesquisa identificou uma tendência de aumento no número de pessoas que afirmam não ter religião na Austrália, Áustria, Canadá, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Suíça e República Tcheca.

Usando um modelo de progressão matemática, o levantamento divulgado durante um encontro da American Physical Society mostra que as pessoas que seguem alguma religião vão praticamente deixar de existir nestes países.

Na Holanda, por exemplo, 70% das pessoas não terão religião alguma até 2050. Hoje, esse grupo é de 40% da população.

"Em muitas democracias seculares modernas, há uma tendência maior de as pessoas se identificarem como sem uma religião", afirma Richard Wiener, que trabalha em um centro de pesquisa em ciência avançada, subordinado ao departamento de física da Universidade do Arizona.

A pesquisa seguiu um modelo de dinâmica não-linear que leva em conta fatores sociais e a influência que exercem em uma pessoa a fazer parte de um grupo não-religioso.

Os parâmetros se mostraram semelhantes em vários países pesquisados, indicando que a religião está a caminho da extinção nessas nações.

Reflita e comente quais seriam as conseqüências disto e o que nós devemos fazer para impedir a expansão dessa realidade.

Fonte: BBC Brasil

Postado por Juninho

AÇÃO ENTRE AMIGOS DO CLJ

Com o objetivo de custear a ida dos jovens ao Reencontro em Gravataí, o CLJ está vendendo números de uma Ação Entre Amigos. Cada número tem valor de R$ 2,00 e três prêmios serão sorteados. O primeiro é um jogo de porcelana francesa, o segundo um cheque presente da papelaria Bittencourt e o terceiro um liquidificador.

Cada jovem do pós-CLJ possui 35 números para vender. Vale a pena ajudar a galera! O sorteio ocorre no dia 09/04.

Postado por Emilin Grings

domingo, 20 de março de 2011

CLJ Cachoeira do Sul: nosso menino se tornou gente grande

Fui para um encontro com mais de cem jovens em uma cidade desconhecida. Entre os cem, só conhecia pouco mais de meia-dúzia. Parecia estar no quartel, tamanha eram as regras ditadas por uma comandante que às vezes amedrontava. No primeiro dia pensei "o que estou fazendo aqui?"

No decorrer do curso, as coisas foram melhorando. Fiz amizades. Descobri um ideal. Estava mais tranquila. Mas aí chegou o domingo e bateu o desespero. "Nunca vou conseguir ser que nem eles. Não tenho esse carisma. Não vou conseguir executar essa missão tão grandiosa que Deus está me propondo". Com esses pensamentos, digamos assim "um pouco pessimistas", eu ficava cada vez mais apavorada. Cheguei ao ponto precisar ser atendida pelo Tio Carlinhos em pleno encontro. E ele, sempre ele, meu porto seguro, tentou me acalmar.

Toda essa angústia foi sendo minimizada depois do curso. Os anjos de Gravataí nos auxiliavam em tudo. E aquela missão, que no início parecia impossível, acabou tomando forma. O sonho de dez aventureiros se tornou realidade.

O CLJ hoje é parte de mim. É uma paixão que, ouso dizer, assemelha-se ao amor entre pais e filhos. O movimento era um bebê que repousava em nossos braços em novembro de 2009. Uma criança que a gente não sabia como cuidar, não sabia o iria fazer com ele. Como iriámos criá-lo? Teríamos condições?

Mas assumimos a responsabilidade. Como pais de primeira viagem, houve algumas dificuldades no início. O nosso menino foi crescendo, se tornando conhecido e apaixonando outras pessoas. E na tarde deste sábado, acredito, se tornou gente grande. Sim, pois tivemos na paróquia 55 pessoas no encontro de Pré.

Que graça Deus nos concedeu! Ver aqueles rostinhos encantados com a possibilidade de um novo sentido na vida é um alegria inexplicável. Felicidade que só Deus proporciona. Para quem viu nascer o CLJ, movimento que permeava os meus sonhos há muito tempo, não existe nada que se compare a satifação de ver ele assim, "adulto".

Isso tudo é mérito de um cara muito especial que nos cativa todos dias. É o nosso líder Jesus Cristo que nos dá força para seguir firme nesta caminhada. É Nele, com Ele e para Ele que assumimos ser JOVENS APÓSTOLOS DE JOVENS. Nessa missão de evangelizar, quem ganha somos nós que ficamos mais maravilhados com esse Deus que a cada dia nos enche de felicidade com seu imenso amor.

Obrigada Jesus por essa oportunidade que está me concendendo. Tenho certeza que daqui há 40 anos vou lembrar do CLJ como a fase mais bonita da minha vida. Período em que eu conheci os meus amigos-irmãos, os quais eu amo demais, e reconheci Cristo como o único ideal a ser seguido.


Pré-CLJ teve o seu recorde de público neste sábado: 55 jovens

Por Emilin Grings

sábado, 19 de março de 2011

Passos para a santidade


Nós, enquanto seres humanos, estamos em constante busca por sermos melhores: melhores alunos, melhores filhos, melhores cristãos. E para SERMOS melhores, precisamos deixar de lado o TER, o PODER e o PRAZER. Conforme disse o Papa João Paulo II, "Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo mas que não sejam mundanos".

O mundo nos oferece muita coisa que nem sempre são boas, mas que são tratadas como naturais. Precisamos refletir sobre quais escolhas estamos tomando, qual caminho estamos trilhando. Por isso, em busca da santidade, caminhemos a procura de ter a face de Cristo. Sejamos imagem e semelhança do nosso Ideal.


A santidade é algo conquistado

1º Passo: ser santo significa ser o melhor, para o outro. A pessoa que vive a santidade ela sempre vê a outra pessoa como aquela que precisa do meu melhor.

2º Passo: ser servo. Lavar os pés dos outros com fez Jesus, ou seja, é ser humano. A pessoa que vive a santidade ela sempre procura o outro, porque tem a consciência que é serva de todos.

3º Passo: ser santo significa ter sede de reconciliação. É aquele que tem a coragem de ir ao encontro do outro tendo ou não tendo a razão.

4º Passo: ser santo significa ser homem do acolhimento. Acolher significa trazer o outro para dentro do nosso coração e ser inteiro para ele.

5º Passo: ser santo significa embelezar a vida do outro, a partir por exemplo de um abraço sincero.

6º Passo: ser santo significa rezar a vida. O santo que não reza é como um padre que é ordenado mas não celebra a missa, ou seja, uma coisa sem nexo. Quanta dificuldade temos para rezar... A alma da oração se chama verdade, então, qual a tua verdade para que você reze com ela? A alma da oração é a nossa verdade e não a piedade. Deus sempre vai querer conversar conosco a partir de algo que não veio D'Ele mas que está em nós. O santo é aquele que derrama sua alma diante de Jesus.

E você, qual o primeiro passo que dará em busca da santidade?

Postado por Felipe Drews

sexta-feira, 18 de março de 2011

Viver ou juntar dinheiro?

Por Max Gehringer

Recebi uma mensagem muito interessante de um ouvinte da CBN e peço licença para lê-la na íntegra, porque ela nem precisa dos meus comentários. Lá vai:

"Prezado Max meu nome é Sérgio, tenho 61 anos, e pertenço a uma geração azarada. Quando eu era jovem as pessoas diziam em escutar os mais velhos, que eram mais sábios agora me dizem que tenho de escutar os jovens porque são mais inteligentes.

Na semana passada eu li numa revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. E eu aprendi muita coisa. Aprendi por exemplo, que se eu tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, durante os últimos 40 anos, eu teria economizado R$ 30.000,00. Se eu tivesse deixado de comer uma pizza por mês teria economizado R$ 12.000,00 e assim por diante. Impressionado peguei um papel e comecei a fazer contas, e descobri para minha surpresa que hoje eu poderia estar milionário.

Bastava eu não ter tomado as caipirinhas que eu tomei, não ter feito muitas das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que eu comprei, e principalmente não ter desperdiçado meu dinheiro, em itens supérfluos e descartáveis.

Ao concluir os cálculos percebi que hoje eu poderia ter quase R$ 500.000,00 na conta bancária. É claro que eu não tenho este dinheiro. Mas se tivesse sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?

Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar com itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que eu quisesse e tomar cafezinhos à vontade. Por isso acho que me sinto feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro com prazer e por prazer.

E recomendo aos jovens e brilhantes executivos, que façam a mesma coisa que eu fiz. Caso contrário eles chegarão aos 61 anos com um monte de dinheiro, mas sem ter vivido a vida".

No mínimo, para pensar...

Postado por: Elisa Baumhardt

quinta-feira, 17 de março de 2011

A Hora Perfeita


'' Eu amo aos que me amam aos que de madrugada me buscam me acharão. '' Provérbios 8:17

Eu costumo dizer que toda a hora é propícia para buscar a presença de Deus, mas a madrugada parece ser a hora perfeita. Enquanto todos dormem, a correria e o barulho do dia não lhe atrapalham. O silencio e a paz são companheiros ideais da madrugada. Nessa hora não há pressa, você fica atento e pronto para conversar e receber instruções de Deus que guiarão os seus passos durante o decorrer do dia.

No silencio da madrugada, os seus sentidos estão mais apurados, a alma preparada e o coração sereno. No entanto, se estiver aflito com algum problema, a madrugada é o momento ideal para se abrir com Deus, desabafar as magoas, buscar consolo e conselho. De madrugada não há concorrência pela sua atenção; Deus tem você só para Ele e você sabe que Ele está atento a cada palavra sua.

Iniciando o dia com Deus, você recebe autoridade espiritual, serenidade, confiança, orientação e resposta. Pode parecer um pequeno sacrifício para quem gosta de dormir ‘’mais um pouquinho’’; porém, eu afirmo que vale a pena. Afinal toda a realização exige de nós um esforço. Lembre-se: não existe vitoria sem luta, intimidade com Deus sem busca, constante, incessante e determinada.

Postado por Diuly Bittencourt

quarta-feira, 16 de março de 2011

O CLJ E O MENDIGO!




Era mais um andarilho sem nome, vivendo em um mundo em que desconhecia as leis que o regiam e principalmente o reino no qual era ele o soberano. Levado segundo os movimentos das massas mundanas sentia-se arrastado para horizontes cada vez mais distantes da sua terra, necessitando urgentemente encontrar um rumo que lhe levasse ao reinado que um dia lhe fora concedido.

Sobrevivia da esmola das necessidades e prazeres do corpo, agonizando na fome de um espírito fustigado e infeliz.

Na sua aparente loucura, pulsava um sentimento de liderança, mas quando lhe perguntavam onde era o seu reinado, respondia que não sabia onde ficava. E todos caiam em deboches e gargalhadas desse mendigo que se dizia “rei”.

Ele mesmo não se entendia: como podia se achar rei, sem reinado? Como desconhecer a coisa mais importante de um soberano que é o local onde deve exercer o seu poder?

Atolado de dúvidas e incertezas vivia torturado interiormente pelo seu desconhecimento e em triste solidão transitava por caminhos obscuros do seu mundo.

Certa vez, um compreensivo e tolerante homem passou na calçada em que se encontrava o tal mendigo que entre trapos e lágrimas suplicava um auxilio fraterno, e diferente de todos que nem se permitiam transitar perto daquela triste realidade, preocupou-se com ele, sentou ao seu lado e questionou suas angustias e tristezas.

Alegremente admirado com aquele até então desconhecido ser que lhe prostrara a sua frente lhe estendendo a mão, começou entre gaguejos de euforia e palavras recuadas a lhe relatar a sua triste vivência.

Este homem, ao contrário dos outros, não o ridicularizou ou ironizou, apenas sorriu de forma melancólica e afirmou:

- Meu amigo! Este teu sentimento é sinal de sabedoria.

Isso deixou o andarilho impressionado:

- Como sabedoria, se todos me chamam de louco? – pensou consigo.

E continuou o novo amigo:

- Todos somos reis. A maioria dos homens desconhece esse fato fundamental. Você já se apercebeu de sua realeza, ou seja, já está com a posse de uma informação, além da grande maioria. Somente ainda não descobriu onde fica esse reinado. Certa vez passou pela terra o maior missionário de todos os tempos que anunciava: “O Reino de Deus está dentro de vós”. Por causa desta e de outras lições valiosas foi acusado de perturbador e levado à morte. Mas sua mensagem ficou na mente e no coração de todos.

O reino em que somos soberanos é o nosso mundo íntimo, e é nele que devemos exercer todo nosso poder. Como somos profundos desconhecidos de nós mesmos, realmente desconhecemos o nosso domínio e o nosso poder. Para sermos reis justos o primeiro passo é saber quem somos e qual é a nossa missão. Jesus, aquele que anunciou o reino existente dentro de nós, afirmou que somente a sabedoria e o amor farão desse reinado um local de harmonia e felicidade. A verdadeira conquista é a conquista de si mesmo; o verdadeiro vencedor é quem vence as próprias imperfeições. Assim estaremos constituindo o reinado de paz: o reino do céu! O reino de Deus!

“E assim fomos nós, jovens do CLJ, andávamos muitas vezes perdidos como andarilhos que não conhecem seu reino e não possuem um rumo certo a seguir levados muitas vezes por caminhos duvidosos e incertos. Mas houve um dia em que, no nosso caso, dez abençoados anjos vieram ao nosso encontro, ouviram os nossos dilemas, sorriram, nos fizeram sorrir, e nos apresentaram o nosso ideal, Jesus Cristo."

E, continuando a história...

O mendigo ficou impressionado com tal sabedoria e com respostas tão lúcidas. A partir deste e de outros encontros com seu amigo, compreendeu que sua angústia tinha razão de ser e, o que é mais importante, tinha soluções que estavam ao seu alcance. Buscou se conhecer e se transformar. Agora, inserido em um novo mundo, ele é o senhor que esta começando a conhecer o seu reino e, consciente disso, convida a todos para que, com equilíbrio e sabedoria, façam o mesmo.


Postado por: Juninho

terça-feira, 15 de março de 2011

Pré-CLJ recomeça a todo vapor


Com a presença de 34 jovens, recomeçou no último sábado, 12, as reuniões de Pré-CLJ na Paróquia São José. Os encontros iniciaram em junho, mas foram interrompidos em virtude das férias. As reuniões que ocorriam quizenalmente ano passado, passam ser realizadas toda semana.

O pré-CLJ tem como objetivo a iniciação à vida cristã e o desenvolvimento da liderança para além da vivência na igreja, formando um jovem líder também na sociedade.

Quem ainda não participou dos encontros está convidado a fazer parte do grupo. As reuniões de pré ocorrem todos os sábados, às 14 horas na Paróquia São José.

Postado por Emilin Grings

segunda-feira, 14 de março de 2011

O que faz você feliz?

Mais uma vez posto um vídeo publicitário, que mostra como é possível passar belas mensagens apesar da intenção comercial. O VT faz parte de uma campanha que o Pão de Açúcar lançou em 2007 chamada: O que faz você feliz? A ideia é que você precisa saber o que te faz feliz e mais do que isso; o que te faz feliz, faz os outros felizes.



Reflita e comente no blog: "O que te faz feliz?"

Postado por Felipe Drews

ONDE ESTÁ O MEU CORAÇÃO E QUAIS SÃO OS MEUS TESOUROS?

Iniciemos estas reflexões com uma proposta de meditação para a QUARESMA: “onde está o meu coração e quais são os meus tesouros”. Para mergulharmos na escuta da Palavra de Deus e assim buscarmos uma vida espiritual madura e cheia da presença d’Ele dando o verdadeiro sentido para nosso viver. Proponho-lhes nos aproximarmos dos textos da Liturgia Diária, por meio de um exercício mental, fazendo uma lista dos nossos bens.

Quais são os meus bens, atualmente? Um computador? Um carro? Uma casa? Um terreno? Um celular? Uma TV de LCD? Roupas, tênis ou boné de marca? Essas coisas são chamadas “bens de consumo”.

Além deles, devemos lembrar que existem outros bens: a família, os filhos, os amigos, os irmãos, etc.

Mas, também, além desses, existem os bens e os valores espirituais: Deus, a fé, a oração, a Sagrada Escritura, a paz, o amor, a solidariedade, a castidade, a fidelidade, etc.

Assim, quais são os meus bens atualmente?

Podemos também desdobrar essa pergunta numa outra: em torno do quê, ou qual bem gira o meu coração hoje (“ser” ou “ter”)?

Observe que BEM é um VALOR e o valor é aquilo pelo qual eu luto, me sacrifico, gasto minhas melhores energias.

Um exemplo atual: Um jovem cristão, se propõe ser especial e manter-se virgem até o matrimônio (Não pecar contra a castidade), hoje ele é visto por muitos da sociedade como ultrapassado, porém, presentes especiais são para pessoais especiais, devem segundo as escrituras serem guardados para momentos únicos e especiais (quando Deus “unifica” = une + fica). Assim, um jovem que com muito esforço consegue concretizar esse desejo é literalmente dono de um bem precioso que o faz especial e diferenciado perante uma sociedade promíscua e cheia de falsos valores. Quando me preservo, me guardo, sou proprietário de algo de alto valor. Deus não aceita e não nos permite relativismos (SIM, SIM ou NÃO, NÃO).

Resta saber se eu tenho lutado, me sacrificado e gasto minhas melhores energias por um bem real ou por um bem aparente. Se eu ando conforme as ondas e modas sociais ou se ando pelo caminho proposto por Deus. O evangelho quer saber se eu desejo e me esforço por alcançar as coisas do alto ou somente as coisas do mundo mundano.

Olhando para a lista dos nossos bens, nos lembramos das palavras de Jesus: “a vida de um homem não consiste na abundância de bens” (Lc 12,15). Nenhum bem material que possuímos ou que venhamos a possuir pode nos fazer completamente felizes ou preencher por completo o nosso vazio. Quando corremos atrás do vazio, nos tornamos pessoas vazias... amanhã vamos colher o fruto e a flor da semente plantada hoje.

Tu já sentiste esse vazio alguma vez? Quando “tinha” muito, mas ao mesmo tempo, uma sensação de que não “tinha” nada... Tu já sentiste esse vazio na ausência de Deus? Dos amigos verdadeiros? Dos amigos/irmãos? Sensação de estar no mundo mundano, mas que aquilo não te preenchia e a cada dia te sentia mais vazio, mais usado, mais objeto, em que até havia momentos de alegria, mas não te sentias feliz? Releia no blog o texto: ESSA TAL FELICIDADE!”

♪♪♪Pois agora nós sabemos o rumo a seguir, o Cristo que é nosso ideal. É preciso que o mundo seja um pouco melhor. Porque nele eu vivi e por ele tu passaste, meu irmão... ♪♪♪

Hoje vos faço um convite para pararmos e vermos o que estamos fazendo com as nossas vidas... Com a vida de nossas famílias... Ver se estamos transformando o mundo e melhorando a vida de nossos amigos, nossos colegas, da nossa igreja...

Agora, chegou a nossa vez de “agir”...

Então, onde apostar nossa vida, para que ela realmente tenha um sentido? Como fugir da angústia de uma vida que vai passando como o fio no tear - para usar uma imagem da Escritura? (quase que sem sentido) com um vazio no coração...

Cristo nos indica o caminho: vestindo o nu; cuidando do doente; saciando ao que tem fome e sede; acolhendo ao peregrino... Dando e pedindo perdão; amando ao outro como Ele nos amou...

Na sociedade contemporânea, imediatista, dos individualismos é interessante observar como hoje se procura fazer a vida valer a pena... Preocupação com a estética, com a satisfação dos desejos do corpo... Preocupação em ser vip na sociedade, em ter prestígio e poder... em se esbaldar no divertimento, no sexo, nas drogas, nos esportes, nos eventos, no turismo...

Pois bem, a Palavra de Deus nos adverte de modo seco e solene: tudo passa, tudo é vaidade; não consiste nisso a vida de uma pessoa! Mesmo com tudo isso, seremos infelizes; com tudo isso, podemos danar para sempre nossa única existência.

Se eu comparecesse hoje perante Deus, seria reconhecido como alguém que passou a vida juntando tesouros para si mesmo (“meus celeiros”, “meu trigo”, “meus bens”, meu, meu, meu) ou como alguém que foi rico diante de Deus, porque teve a coragem de quebrar os ídolos do ter, poder e prazer e reconhecer que nenhum bem poderia ser encontrado fora de Deus (cf. Sl 16,6)? Alguém que fez como Jesus, que veio para servir e não para ser servido...

♪♪♪ Chegou a nossa vez de agir, ouça quem é jovem p'ra ouvir, união é fundamental pra mudar o mundo atual, JUVENTUDE está no coração, CHEGA DE ACOMODAÇÃO, eis a chance de fazer, se queremos melhor viver ♪♪♪

Como está minha vida hoje? Ela tem sentido? Tenho amigos/irmãos? Preocupo-me em transformar a vida de meu irmão que sofre? Respeito meu corpo (Templo do Espírito Santo)? Tenho Jesus Cristo como meu ídolo e ideal? Não te esqueças: que o dia é hoje e a hora é agora! Chegou a nossa vez de agir!

Pense nisso... Votos de uma feliz e abençoada semana...

Por Diácono Carlinhos