sábado, 19 de março de 2011

Passos para a santidade


Nós, enquanto seres humanos, estamos em constante busca por sermos melhores: melhores alunos, melhores filhos, melhores cristãos. E para SERMOS melhores, precisamos deixar de lado o TER, o PODER e o PRAZER. Conforme disse o Papa João Paulo II, "Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo mas que não sejam mundanos".

O mundo nos oferece muita coisa que nem sempre são boas, mas que são tratadas como naturais. Precisamos refletir sobre quais escolhas estamos tomando, qual caminho estamos trilhando. Por isso, em busca da santidade, caminhemos a procura de ter a face de Cristo. Sejamos imagem e semelhança do nosso Ideal.


A santidade é algo conquistado

1º Passo: ser santo significa ser o melhor, para o outro. A pessoa que vive a santidade ela sempre vê a outra pessoa como aquela que precisa do meu melhor.

2º Passo: ser servo. Lavar os pés dos outros com fez Jesus, ou seja, é ser humano. A pessoa que vive a santidade ela sempre procura o outro, porque tem a consciência que é serva de todos.

3º Passo: ser santo significa ter sede de reconciliação. É aquele que tem a coragem de ir ao encontro do outro tendo ou não tendo a razão.

4º Passo: ser santo significa ser homem do acolhimento. Acolher significa trazer o outro para dentro do nosso coração e ser inteiro para ele.

5º Passo: ser santo significa embelezar a vida do outro, a partir por exemplo de um abraço sincero.

6º Passo: ser santo significa rezar a vida. O santo que não reza é como um padre que é ordenado mas não celebra a missa, ou seja, uma coisa sem nexo. Quanta dificuldade temos para rezar... A alma da oração se chama verdade, então, qual a tua verdade para que você reze com ela? A alma da oração é a nossa verdade e não a piedade. Deus sempre vai querer conversar conosco a partir de algo que não veio D'Ele mas que está em nós. O santo é aquele que derrama sua alma diante de Jesus.

E você, qual o primeiro passo que dará em busca da santidade?

Postado por Felipe Drews

Nenhum comentário:

Postar um comentário