sábado, 30 de abril de 2011

YouTube vai transmitir beatificação do papa João Paulo II

A cerimônia de beatificação do papa João Paulo II, que será realizada nesse domingo, será transmitida ao vivo pelo YouTube, de acordo com anúncio feito pela Televisão Vaticana e a Rádio Vaticana nesta sexta-feira. O cobertura terá início por volta das 9h (4h, horário de Brasília) e poderá ser acessada pelo link www.youtube.com/live.
O canal criado pelo Vaticano no YouTube (www.youtube.com/giovannipaoloii) também vai realizar a transmissão.
"Estamos felizes com este novo serviço de streaming oferecido pelo YouTube que nos dá a possibilidade de difundir ainda mais um importante evento histórico como a beatificação de João Paulo II", disse o padre Lombardi, porta-voz do Vaticano, em um comunicado difundido nesta sexta pelo YouTube.
A beatificação também será difundida através do serviço de vídeo do Vaticano (www.vatican.va/video), disponível em vários sites católicos.

Por: Jéssica

O PEREGRINO DO AMOR


No dia 2 de abril de 2005, véspera do 2º Domingo da Páscoa, o “Domingo da Divina Misericórdia”, o Papa João Paulo II, homem de Deus e da Igreja, homem simples do povo, entregou sua alma a Deus, após muitos sofrimentos físicos e depois de quase 27 anos à frente da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.
O lema que o Cardeal Woytila, de Cracóvia na Polônia, tinha escolhido era composto de duas palavras “totus tuus”, início de um hino de louvor e súplica a Santíssima Virgem Maria, a quem o Papa dedicara sua vida e a consagrou.
Todo teu sou, ó Maria! Assim ele viveu e, quando sofreu o atentado que quase o matou na Praça São Pedro, era 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, a quem o Pontífice atribuiu “a mão que desviou o projétil” para que ele não morresse.
Quantos trabalhos e viagens pelo mundo! O Papa João Paulo II foi chamado “o Peregrino de Deus, o Peregrino da Paz”. A muitíssimos países, povos e nações visitou e a todos fazia ecoar as suas primeiras palavras na homilia do início do seu pontificado em outubro de 1978: “Abri as portas para o Senhor!”. E ele ainda reforçava: “Abri as portas, ou melhor, escancarai as portas para o Senhor. Não tenhais medo de Jesus Cristo”.
João Paulo II foi o homem da paz ao proclamar contra os que diziam que faziam a guerra em nome de Deus. Ele dizia “Guerra nunca mais! Eu o proclamo em nome da humanidade”. O único que poderia falar em nome de Deus não usurpou este direito e preferiu falar em nome das pessoas e dos pequeninos: “Guerras nunca mais”.
No dia do seu sepultamento, juntou-se em Roma uma multidão de mais de quatro milhões de pessoas vindas de todas as partes do mundo. Era bela e inusitada a afluência de tantos jovens no enterro do velho Papa.
Na frente da Basílica de São Pedro, junto ao corpo de João Paulo II, os Bispos, Sacerdotes, Religiosos e quantas autoridades de tantos países. Ele, ainda na sua morte, trouxe para junto de si governantes ou representantes de países que estavam em conflitos. O Sumo Pontífice morto ainda falava e ensinava a paz.
O povo aclamava “Santo Súbito”, isto é, que ele seja declarado Santo já, agora. Santo Imediatamente.
O cardeal que presidiu no dia 8 de abril de 2005 a Missa Solene de Exéquias, Joseph Ratzinger, foi eleito o sucessor de João Paulo II com o nome de Bento XVI, e será ele que ouviu a aclamação do povo: “Santo Súbito”, que neste domingo da Divina Misericórdia, 1º de maio de 2011, Dia do Trabalhador, proclamará Bem-aventurado o Bispo da Santa Igreja, o Papa João Paulo II.
E nós, felizes e sinceros, na verdade da nossa fé, faremos ecoar por todo o mundo: Bem-aventurado João Paulo II.


Fonte: Canção Nova
Por: Jéssica

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Jovens Cristãos!


A busca pela salvação e por Jesus, esta fazendo com que a juventude procure cada vez mais aumentar sua fé e buscando ser cada vez mais ativos dentro de sua igreja.

O jovem cristão tem o papel de aprender e levar o evangelho a outros jovens, fazendo com que eles sejam atraídos pela palavra e trazendo-os para a religião fazendo com que haja uma renovação. E esse jovem cristão é bem visto pelas outras pessoas pela sua busca incessante por cristo, por se envolver em trabalhos voltados para a sua comunidade e por trazer um novo animo a sua igreja.

Como todo cristão o jovem passa por provações sejam elas na sua casa, no colégio e no seu convívio social. 

No meio de um mundo cheio de pessoas que tentam levá-los a um mundo de violência, drogas, dor e desgosto a juventude busca em sua fé forças para superar esses problemas e ajudar a outros jovens que passam por essa mesma provação. O Jovem que aprende a encarar a vida através de sua fé será uma pessoa consciente e passará para as próximas gerações as experiências vividas pelos mesmos.

Logo podemos observar que ser um Jovem cristão católico requer acima de tudo a busca da vida em cristo, mesmo com a inexperiência, provações e tentações a juventude que vive para Jesus deixara de ser uma semente para se tornar um grande divulgador do evangelho de Cristo.

Postado Por Diuly B.

Fonte: Blogs Católicos

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Kyrie Eleison - Ato Penitencial

O Kyrie ou Ato Penitencial é um dos cânticos que fazem parte do chamado Ordinário ou partes fixas da Missa. Ele é uma aclamação a Cristo-Senhor: um reconhecimento da sua bondade e misericórdia e, ao mesmo tempo, da nossa fraqueza e limitação.
A expressão grega "Kyrie Eleison" é uma das mais antigas da liturgia cristã, usada tanto no Oriente, quanto no Ocidente. Neste último, mesmo quando a língua litúrgica oficial passou a ser o Latim e não o grego, manteve-se a expresão Kyrie eleison como no original. Este termo é muito rico em significado. Em português ele é traduzido por "Senhor, tende piedade de nós". Porém, a melhor tradução seria simplesmente: "Senhor, Piedade". Ou seja o foco está no Senhor que é Piedade e não no pecado ou na miséria do fiel. Portanto, na liturgia o Ato penitencial não é um momento para o moralismo, mas para exaltar a Bondade de Deus, que nos ama apesar dos nossos pecados. Em italiano, conservou-se a tradução mais próxima ao original grego. Nessa língua se diz: "Signore Pietà" (Senhor, Piedade).



Como a ovelha perdida, pelo pecado ferida,
eu te suplico perdão, ó Bom Pastor.

Kyrie eleison! (3x)

Como o ladrão perdoado, encontro o paraíso a teu lado,
lembra-te de mim pecador por tua cruz.

Christe eleison! (3x)

Como a pecadora caida, derramo aos teus pés minha vida,
vê as lágrimas do meu coração e salva-me.

Kyrie eleison! (3x)

Qual é a maior mentira do mundo?

Há alguns dias me contaram que a maior mentira do mundo é dita quando alguém, ao ser perguntado como vai, responde: "Tudo bem!" E mais, a pessoa me explicou que quase todos respondem assim porque no fundo sabem que ninguém está interessado em saber como eles estão.
Pois é! Parei para pensar...




Fonte: Canção Nova
Por: Jéssica

terça-feira, 26 de abril de 2011

Páscoa segundo Twitter

Vale a pena assistir, além de engraçado, traz uma mensagem bacana.




Postado por Emilin Grings

Semana Santa de muitas atividades


A maior festa da Igreja Católica é a Páscoa de Jesus. Como bons cristãos, os jovens do Curso de Liderança Juvenil (CLJ) não poderiam ficar de fora dessa importante celebração. A nossa participação foi intensa durante todos os dias de atividades na Paróquia São José.

Na quinta-feira, 21, fomos responsáveis pela liturgia e animação da missa de lava-pés e alguns jovens tiveram os pés lavados pelo Mons. Elcy. Meio de surpresa, conduzimos a primeira hora de vigília do santíssimo na capela. Além disso, teve gente que virou a noite adorando Cristo.

Na sexta-feira, o CLJ fez a encenação da Paixão e morte de Jesus. Cerca de 20 jovens participaram do teatro que emocionou muita gente que estava na celebração. Após, foi a vez de guiar o terço enquanto os fiés se confessavam e arrumar a gruta para a ressureição no sábado.

Já o sábado, de praxe, já é repleto de atividades para os jovens do movimento. Praticamente se passa o dia todo na Igreja. Pela manhã, produzimos o programa Shalom na Rádio Vida, 104.9 FM que teve como tema a Páscoa. Após o momento era de preparar a sala para a reunião de pré e pós. Há tarde ocorreu uma atividade diferente. Intitulada de "Tarde Cultural", a reunião ocorreu com a participação de pré e pós simultaneamente. Assistimos parte do filme "Paixão de Cristo" e após houve debate em grupo.

A noite de sábado estava reservada para a celebração da Ressurreição de Jesus. Novamente houve encenação. Além disso, retirou-se da frente da São José os lixos que haviam sido recolhidos no rio Jacuí no fim de semana anterior. Os resíduos deram lugar a mudas de árvores que foram distribuídas pelos jovens do CLJ no fim da missa.

Foi, sem dúvida, uma Páscoa e tanto. Sensação de dever cumprido. Obrigada a todos os que participaram! Afinal, se a nossa missão é EVANGELIZAR, estamos tentando cumpri-la, pois CHEGOU A NOSSA VEZ DE AGIR.
As imagens de todas as atividades podem ser conferidas no Flickr e Orkut do CLJ.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

SÃO MARCOS, SANTO DO DIA


Hoje, dia 25 de abril é considerado um dia muito importante para a história do cristianismo, pois segundo estudos teológicos foi o dia do martírio de São Marcos, o evangelista. Com isso, citarei de forma resumida uma biografia do santo retirada do site das Paulinas.
‘O evangelho de São Marcos é o mais curto se comparado aos demais, mas traz uma visão toda especial, de quem conviveu e acompanhou a paixão de Jesus quando era ainda criança. 
Ele pregou quando seus apóstolos se espalhavam pelo mundo, transmitindo para o papel, principalmente, as pregações de São Pedro, embora tenha sido também assistente de São Paulo e São Barnabé, de quem era sobrinho. 
Marcos, ou João Marcos, era judeu, da tribo de Levi, filho de Maria de Jerusalém, e, segundo os historiadores, teria sido batizado pelo próprio São Pedro, fazendo parte de uma das primeiras famílias cristãs de Jerusalém. Ainda menino, viu sua casa tornar-se um ponto de encontro e reunião dos apóstolos e cristãos primitivos. Foi na sua casa, aliás, que Cristo celebrou a última ceia, quando instituiu a eucaristia, e foi nela, também, que os apóstolos receberam a visita do Espírito Santo, após a ressurreição. 
Mais tarde, Marcos acompanhou São Pedro a Roma, quando o jovem começou, então, a preparar o segundo evangelho. Nessa piedosa cidade, prestou serviço também a São Paulo, em sua primeira prisão. Tanto que, quando foi preso pela segunda vez, Paulo escreveu a Timóteo e pediu que este trouxesse seu colaborador, no caso, Marcos, a Roma, para ajudá-lo no apostolado.
Ele escreveu o Evangelho a pedido dos fiéis romanos e segundo os ensinamentos que possuía de São Pedro, em pessoa. O qual, além de aprová-lo, ordenou sua leitura nas igrejas.
Seu relato começa pela missão de João Batista, cuja "voz clama no deserto". Daí ser representado com um leão aos seus pés, porque o leão, um dos animais símbolos da visão do profeta Ezequiel, faz estremecer o deserto com seus rugidos.
Levando seu Evangelho, partiu para sua missão apostólica. Diz a tradição que São Marcos, depois da morte de São Pedro e São Paulo, ainda viajou para pregar no Chipre, na Ásia Menor e no Egito, especialmente na Alexandria, onde fundou uma das igrejas que mais floresceram.
Ainda segundo a tradição, ele foi martirizado no dia da Páscoa (dia 25 de abril daquele ano), enquanto celebrava o santo sacrifício da missa. Mais tarde, as suas relíquias foram trasladadas pelos mercadores italianos para Veneza, cidade que é sua guardiã e que tomou São Marcos como padroeiro desde o ano 828. ’



Postado por Juninho

Um mutirão para salvar o Jacuí


No domingo, dia 17, foi desenvolvido o o projeto "Vamos manter vivo o rio Jacuí "na comunidade do Passo do São Lourenço. Foram plantadas 110 mudas de árvores nativas, como angico, ingazeiro e salgueiro chorão, e houve recolhimento de lixo na margem do rio. O trabalho acabou ficou mais difícil devido à chuva, principalmente para o recolhimento do material atirado no meio ambiente. Mesmo assim, foi retirada uma série de objetos, entre cadeiras, mesas plásticas, pedaços de madeira, vasilhames, entre outros.

O material recolhido ficou até sábado, 23, exposto na frente da Igreja São José, como forma de conscientizar a população. “E pensar que todo esse lixo estava atirado no rio”, comentou o diácono Carlinhos. A iniciativa tem como tema “Vamos manter vivo o Rio Jacuí” e foi proposta de acordo com a Campanha da Fraternidade de 2011, “Fraternidade e vida no planeta”, e o lema do Movimento Tradicionalista Gaúcho, “Tradição é preservar”.

ENGAJAMENTO - Conforme o diácono Carlinhos, cerca de 70 pessoas se envolveram nas atividades que iniciaram na manhã deste domingo e tiveram ainda palestra sobre preservação ambiental com o secretário municipal de Meio Ambiente, Henrique Witeck. Nos próximos dias, a ação deve ser completada com a colocação de alevinos no rio, permitindo o repovoamento de peixes nas águas do Jacuí.

A iniciativa, além de envolver os cidadãos da comunidade do Passo do São Lourenço, também contou com a participação de jovens que integram o Curso de Liderança Juvenil e são ligados ao movimento tradicionalista na cidade. A integração em prol do meio ambiente culminou com uma série de ações e plantou a semente da conscientização naquela comunidade, destacou o diácono Carlinhos.

Texto extraído de http://www.jornaldopovo.com.br/site/noticias_interna.php?intIdConteudo=143702
Publicado na edição de 18/04/2011 do Jornal do Povo. Autor: Vinícius Severo

Postado por Emilin Grings

sábado, 23 de abril de 2011

ELE VIVE, ELE REINA!

A ressurreição de Jesus é um fato histórico inegável. O primeiro acontecimento da manhã do Domingo de Páscoa foi a descoberta do sepulcro vazio (cf. Mc 16, 1-8). Ele foi a base de toda a ação e pregação dos Apóstolos e foi muito bem registrada por eles. São João afirma: “O que vimos, ouvimos e as nossas mãos apalparam isto atestamos” (1 Jo 1,1-2).
Jesus ressuscitado apareceu a Madalena (Jo 20, 19-23); aos discípulos de Emaús (Lc 24,13-25), aos Apóstolos no Cenáculo, com Tomé ausente (Jo 20,19-23); e depois, com Tomé presente (Jo 20,24-29); no Lago de Genezaré (Jo 21,1-24); no Monte na Galiléia (Mt 28,16-20); segundo São Paulo “apareceu a mais de 500 pessoas” (1 Cor 15,6) e a Tiago (1 Cor 15,7).

 
São Paulo disse: “Porque antes de tudo, ensinei-vos o que eu mesmo tinha aprendido que Cristo morreu pelos nossos pecados [...] e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e foi visto por Cefas, e depois pelos Onze; depois foi visto por mais de quinhentos irmãos duma só vez, dos quais a maioria vive ainda hoje e alguns já adormeceram; depois foi visto por Tiago e, em seguida, por todos os Apóstolos; e, por último, depois de todos foi também visto por mim como por um aborto” (1 Cor 15, 3-8).
A primeira experiência dos Apóstolos com Jesus ressuscitado foi marcante e inesquecível: “Jesus se apresentou no meio dos Apóstolos e disse: “A paz esteja convosco!” Tomados de espanto e temor, imaginavam ver um espírito. Mas ele disse: “Por que estais perturbados e por que surgem tais dúvidas em vossos corações? Vede minhas mãos e meus pés: sou eu! “Apalpai-me e entendei que um espírito não tem carne nem ossos, como estais vendo que eu tenho”. Dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E, como, por causa da alegria, não podiam acreditar ainda e permaneciam surpresos, disse-lhes: “Tendes o que comer?” Apresentaram-lhe um pedaço de peixe assado. Tomou-o então e comeu-o diante deles” (Lc 24, 34ss).

E Jesus morreu de verdade, inclusive com o lado perfurado pela lança do soldado. É ridícula a teoria de que Jesus estivesse apenas adormecido na Cruz. Os Apóstolos só podiam acreditar na Ressurreição de Jesus pela evidência dos fatos, pois não estavam predispostos a admiti-la; ao contrário, haviam perdido todo ânimo quando viram o Mestre preso e condenado; também para eles a ressurreição foi um escândalo. Eles não tinham disposições psicológicas para “inventar” a notícia da ressurreição de Jesus ou para forjar tal evento. Eles ainda estavam impregnados das concepções de um messianismo nacionalista e político, e caíram quando viram o Mestre preso e aparentemente fracassado; fugiram para não serem presos eles mesmos (Cf. Mt 26, 31s); Pedro renegou o Senhor (cf. Mt 26, 33-35). O conceito de um Deus morto e ressuscitado na carne humana era totalmente alheio à mentalidade dos judeus.
É de se notar ainda que a pregação dos Apóstolos era severamente controlada pelos judeus, de tal modo que qualquer mentira deles seria imediatamente denunciada pelos membros do Sinédrio. Se a ressurreição de Jesus, pregada pelos Apóstolos não fosse real, se fosse fraude, os judeus a teriam desmentido, mas eles nunca puderam fazer isto.

Os vinte longos séculos do Cristianismo, repletos de êxito e de glória, foram baseados na verdade da Ressurreição de Jesus. Afirmar que o Cristianismo nasceu e cresceu em cima de uma mentira e fraude seria supor um milagre ainda maior do que a própria Ressurreição do Senhor. Será que em nome de uma fantasia, de uma miragem, milhares de fiéis enfrentariam a morte diante da perseguição romana? É claro que não. Será que em nome de um mito, multidões iriam para o deserto para viver uma vida de penitência e oração? O testemunho dos Apóstolos sobre a Ressurreição de Jesus era convincente e arrastava. O edifício do Cristianismo requer uma base mais sólida do que a fraude ou a debilidade mental. Assim, é muito mais lógico crer na Ressurreição de Jesus do que explicar a potência do Cristianismo por uma fantasia de gente desonesta ou alucinada.
A Ressurreição de Jesus é ponto fundamental da fé cristã, a ponto que São Paulo pode dizer: “Se Cristo não ressuscitou, vazia é a nossa pregação; vazia também é a vossa fé... Se Cristo não ressuscitou, vazia é a vossa fé; ainda estais nos vossos pecados” (1Cor 15, 14.17).
A Ressurreição de Jesus é a base da fé; São Paulo chama Cristo ressuscitado “o Primogênito dentre os mortos” (Cl 1, 18). A Ele, ressuscitado em primeiro lugar, seguir-se-á a ressurreição dos irmãos: “Cada qual na sua ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, por ocasião da sua segunda vinda; a seguir, haverá o fim” (1Cor 15, 23s).

Fonte: Canção Nova
Posado por: Jéssica





quinta-feira, 21 de abril de 2011

A QUARESMA E A SEMANA SANTA

Dom Irineu Silvio Wilges
Quaresma 40 dias de preparação para a Páscoa. Tempo de penitência e conversão para Deus, para o irmão (ã) e para a criação. Tempo da CF/2011. “Fraternidade e vida no planeta”. “A criação geme em dores de parto”.
Compreende 05 semanas terminando com o Domingo de Ramos ou da Paixão do Senhor. Tempo de quaresma tempo de preparação dos catecúmenos para o batismo de adultos na noite de Sábado Santo.
O 1º domingo é o das 03 tentações de Jesus no fim dos seus dias de jejum no deserto. Adão e Eva sucumbiram à tentação. Israel no deserto do Sinai também. Jesus no deserto venceu as tentações. Assim o batizado poderá vencer as tentações unido a Cristo.
No 2º Domingo, Jesus se transfigura diante de Pedro, João e Tiago, ensinando a eles que a passagem pelo sofrimento e a morte é o único caminho que leva à ressurreição. Assim o batizado para a chegar à ressurreição definitiva precisa passar pela paixão e a morte.
No 3º domingo, Jesus no poço de Jacó, se proclama para a samaritana como a fonte de água viva e todos que dele beberem não terão mais sede e se tornarão também fonte de água viva para os outros. Assim também os batizados.
No 4º domingo, Jesus cura o cego de nascença e se proclama a luz do mundo. Ele no batismo abre também os nossos olhos e veremos com os olhos de fé. E os batizados serão com Jesus luz do mundo.
No 5º domingo Jesus ressuscita Lázaro, morto há 04 dias, cheirando já mal, prefigurando a sua ressurreição, e a nossa ressurreição pelo batismo.
O 6º domingo é inicia a Semana Santa. É no domingo de Ramos em que Jesus entra solenemente montado numa mansa jumenta na cidade de Jerusalém, aplaudido pelo povo como Messias e como o Profeta. Ele o é não como forte guerreiro, mas manso e humilde, simbolizado pela jumenta com o seu jumentinho. O povo cristão também hoje com os ramos / palmas na mão o aplaude como o seu Messias Redentor. Leva os ramos para as suas casas porque quer que Jesus entre na sua casa e lá permaneça protegendo a todos. Na 2ª parte da missa, se proclama a paixão e morte. Ele era mesmo “o Filho de Deus”, segundo Mateus. 1º o aplauso, depois a condenação à morte. Assim será a vida dos batizados, 1º o aplauso depois a perseguição. É o dia também da coleta da fraternidade, que neste ano teve como objetivo a ecologia.
No 4ª fª Santa, a nossa diocese celebra ás 18.30h a missa do crisma quando o bispo abençoa o óleo do batismo e dos enfermos e consagra o óleo do crisma, que os padres levarão depois para as suas paróquias. Esta missa que o bispo concelebra com todos os padres é sinal de comunhão dos presbíteros com o seu bispo e de unidade do presbitério. É a missa também em que os padres se confessam um ao outro e renovam as suas promessas sacerdotais.
Na 5ª feira-Santa, A Igreja celebra a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio e Mandamento do Amor pelo lava-pés. “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Dia em que se canta o Glória e se toca os sinos que permanecerão silenciosos até o Sábado Santo, vigília pascal. Nesta missa se consagrarão todas as hóstias necessárias para 6ª feira-Santa, que serão levadas no fim da missa em procissão para a capela do santíssimo. Lá acontecerá a adoração do Santíssimo durante a noite. As toalhas do altar serão retiradas. Para muitos do povo o lava-pés e a adoração ao Santíssimo são as cerimônias mais importantes. O mais importante para o batizado é amar como Cristo nos amou.
Na 6ª feira-Santa, celebra-se a Paixão do Senhor, sem missa, segundo antiguíssima tradição. O altar estará sem cruz, castiçais e toalha. A celebração consta de 03 partes: Liturgia da palavra, adoração da cruz e a comunhão eucarística com as hóstias consagradas anteriormente. A liturgia da palavra tem a Paixão do Senhor, segundo João, (18,1-42) com a oração universal. Terminada a missa o altar é novamente desnudado. Um Deus morreu por mim. É um dia de jejum e abstinência de carne vermelha. Dia de sobriedade em homenagem a Jesus.
Para muitos do povo, o mais importante são a Via Sacra e a procissão do Senhor morto e com isso termina a Semana Santa. Contam que um padre no fim da procissão do Senhor Morto desejou a todos uma Feliz Páscoa e um Feliz Natal e no próximo ano nos veremos de novo! Para muitos católicos a religião se resume a isso. Para outros a 6a fª Santa é comer peixe abundantemente.
Sábado Santo. Durante o dia luto. Silêncio. Recolhimento. Já noite se celebra a Vigília Pascal em honra do Senhor, vigilantes com as lâmpadas acesas, esperando o Senhor ressuscitado. Ela compreende 04 partes: a celebração da Luz, a Liturgia da Palavra, a Batismal e a Eucarística. A 1ª compreende a bênção do fogo e a preparação do Círio pascal no fundo da igreja, depois a procissão com o Círio aceso até o altar com a proclamação: “A luz de Cristo”. Os fiéis vão acendendo as suas velas da luz vinda do Círio até que a igreja se torna um mar de luzes. Após, se canta proclamando solenemente a ressurreição de Jesus. Segue a 2ª, a liturgia da Palavra com ao menos 03 leituras do AT das 07 previstas. Os catecúmenos escutavam a história da criação (Gn 1,1), depois a história de Abraão, a sua vocação e a sua obediência a Deus, não se recusando a oferecer o seu filho único Isaac. Deus Pai vai ofertar seu Filho para a salvação do mundo. A terceira nos conta a passagem incólume pelo mar vermelho para a libertação, assim os batizandos passarão pelas águas do batismo para a libertação. O evangelho segundo Mateus narra a ressurreição de Jesus, assim também nós ressuscitamos com Cristo para sermos criaturas novas, do amor a Deus sobre todas as coisas, do amor ao próximo e do amor para com a criação, que geme em dores de parto, esperando a ressurreição final na segunda vinda de Cristo. A 3ª compreende a liturgia batismal, a bênção da água, a renovação das promessas do batismo com as velas acesas e a aspersão do povo com a água benta. Onde houver adultos para batizar é o momento de fazer o batismo, para isso aponta toda a liturgia de quaresma e do Sábado Santo. Nesta noite eram também crismados e comungavam. A 4ª segue a liturgia eucarística que termina com o envio: Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe, aleluia, aleluia. Cristo ressuscitou. Com ele ressuscitamos e ressuscitaremos na sua segunda vinda. FELIZ PÁSCOA para todos.

Por Diácono Carlinhos

terça-feira, 19 de abril de 2011

Como pode alguém negar a existência de Deus?


Para nós que já tivemos encontros pessoais com Deus e sentimos fortemente a presença Dele por meio do Espírito Santo é impossível negar que Ele exista. Além disso, para os cristãos, Deus é a razão do nosso ser. Está presente em tudo: na natureza, nas pessoas, em nós mesmos. O mundo é regido por Deus. Ele nos ampara, nos dá força para seguir em frente. Pois é, mas tem muita gente que nega a Sua existência: são os chamados ateus.

A Revista das Religiões de janeiro de 2005, uma publicação da editora Abril que não circula mais, traz uma matéria muito interessante sobre o assunto. Na reportagem foram ouvidos especialistas no tema. Um deles é o romeno Mircea Eliade, autoridade mundial no campo das religiões. Segundo Eliade, todo o indivíduo possui uma dimensão religiosa. Mesmo que a pessoa rejeite ou negue o transcendente, essa ideia sobreviverá no seu inconsciente.

O ateus correspondem a cerca de 2% da população mundial, mas esse número vem crescendo ano a ano, conforme  matéria que já foi postada aqui no blog. No Brasil, o índice é de 1%. Mas afinal em que crêem os que não acreditam em nada? De acordo com a matéria da revista, para eles a ciência teria todas as respostas e inclusive a justificativa para a falta delas.

Entretanto, para o físico e professor da Universidade de São Paulo (USP), a ciência não tem como provar ou negar a existência de alguma divindade. Ele cita o exemplo da criação do universo e afirma que essa teoria não esclarece o que teria havido antes da grande explosão de um bola de energia. Por enquanto, dizem os físicos, não há como saber.

Apesar de parecer inconcebível não acreditar em Deus, o movimento dos ateus está crescendo em todo o mundo. Eles alegam ser vítimas de preconceitos. No Brasil há muitos sites sobre o assunto. Experimente digitar a palavra ateu no Google para ver quantos sites relacionados ao tema aparecem defendendo a causa.

Preconceito? Nós cristãos somos as maiores vítimas de discriminação no mundo. Desde a vinda de Jesus, somos perseguidos. Quantos já perderam a vítima em decorrência de se afirmarem crentes em Deus. Até os que se dizem católicos não praticantes, depreciam a nossa fé.

Como Jovens Líderes Cristãos precisamos ter argumentos para defender a nossa crença. E para isso nada melhor do investir no estudo, um dos pilares do tripé do nosso movimento. Então, mãos à obra!

Fonte: Revista das Religiões. Em que creêm os que não creêm. Edição 17, janeiro de 2005.

Postado por Emilin Grings

quinta-feira, 14 de abril de 2011

CLJ integra projeto de preservação do rio Jacuí

Em ação conjunta com o Piquete de Laçadores Delfino Carvalho, o CLJ São José realiza no próximo domingo, 17, o evento "Vamos manter vivo o rio Jacuí". O dia será repleto de atividades na localidade de São Lourenço, interior de Cachoeira do Sul. Haverá palestra com Henrique Witeck- secretário do meio ambiente de Cachoeira do Sul, plantio de mudas nativas, repovoamento do rio com alevinos e colocação de lixeiras comunitárias.

A iniciativa de realizar o projeto é de Jéssica Pacheco Machado, 1ª prenda do PL Delfino Carvalho, e Diuly Baltezan Bittencourt, 1ª prenda juvenil da entidade. As meninas, que fazem parte do CLJ, com a ajuda do Tio Carlinhos resolveram fazer parceria com a Paróquia São José para conscientizar mais jovens sobre a importância de preservar o meio-ambiente.

Além disso, o projeto vai ao encontro do tema da Campanha da Fraternidade 2011 “Fraternidade e vida no planeta” que também é proposto pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) com a temática: “Tradição é preservar”.

Atividades

Na manhã de domingo será feita coleta de lixo na margem esquerda do Rio Jacuí. O recolhimento começa às 10h30 e vai envolver jovens e adultos. Recomenda-se que quem for participar desta atividade leve luvas para evitar contaminação

Também serão colocadas lixeiras ao longo do acesso ao Rio Jacuí para que os moradores possam colocar seus resíduos em um local correto. A ideia visa impedir que o lixo vá parar no rio nos dias de chuva.

 Todos os participantes do pré e pós CLJ, bem como os familiares dos jovens podem participar do evento. Quem desejar almoçar no local deve levar o que vai consumir. A refeição será preparada no salão comunitário do São Lourenço.

Postado por Emilin Grings
Fonte: Jornal do Povo

Porque fazer o Sinal da Cruz


O sinal da cruz que os cristãos traçam com freqüência sobre o corpo, é muito mais que um simbolismo. É expressão de um abraço de Deus no ser humano. Esta foi a explicação do Papa Bento XVI aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro, hoje, no Vaticano para a tradicional oração do Ângelus.


Citando o pensamento do teólogo Romano Guardini, o Papa apontou o sentido do gesto. "Fazemos o sinal da cruz antes de rezar para que nos pacifique espiritualmente, para concentrar em Deus pensamentos, coração e vontade; depois de rezar, o repetimos para que aquilo que Deus nos doou permaneça em nós. Ele abraça todo o ser, corpo e alma, e tudo é consagrado em nome de Deus uno e trino".
Bento XVI continuou dizendo que o sinal da cruz e o nome de Deus vivo abrangem o anúncio gerador de fé e inspirador de oração. E assim como Jesus prometeu aos Apóstolos que o Espírito da verdade os conduziria a toda a verdade, na liturgia dominical os sacerdotes concedem, de semana em semana, o pão da Palavra e da Eucaristia. 

Postado por Diuly B.

Fonte: Blog Cátolico - Juventude ativa

Qual é o tempo certo?

Por Diacono Carlinhos

Carissimos na Bíblia Sagrada, Livro de Eclesiastes, Capítulo 3, encontramos que: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu... Eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o ímpio; porque há um tempo para todo o propósito e para toda a obra....”
Porém, o mais importante é que sempre é tempo de se fazer o bem, de agir diferente, de recomeçar, de ser feliz, de buscar o novo, de adquirir novos e bons costumes e abandonar os velhos vícios e hábitos, porque hoje é um novo dia e a graça de Deus nos impele a vivê-lo de maneira nova… “eis que faço nova todas as coisas…”
A cada manhã tu podes levantar e estabelecer o propósito de seres melhor do que ontem. De ser mais amigo, mais humano, mais cristão, mais justo, mais fraterno…
Por favor, dá uma revisada no teu viver e no teu existir. Olha os propósitos que estabeleceu para tua vida. Verificas teus sonhos, teus projetos. Verificas se estás sendo justo com teus pais, com teus amigos, com teus colegas de trabalho… Não insistamos em viver arrastando os fardos pesados e amargos, tornando a vida difícil e complicada… vamos deixar nossos fardos na Capela…
Ora, se precisamos perdoar, perdoemos, mas façamos isso hoje e se possível agora; se precisamos ajudar alguém, ajudemos e nao interessa a quem, ajudes agora… se precisas dizer a alguém que “O AMA”, “QUE É IMPORTANTE PARA TI”, diga hoje, porque amanhã talvez não tenhamos “tempo”
Hoje é o dia de tu te libertares de todo negativismo e abrir-te para Deus, pois Ele pode mudar radicalmente a tua vida, tornar-te uma pessoa mais saudável e equilibrada.

“Eis que estou a porta e bato, se abrirdes entrarei e cearei contigo.” (Ap 3, 20)
·         Alguma vez Jesus já bateu a tua porta?
·         Jesus utilizando-se de um anjo ou de um sirineu já te fez algum convite?
·         E qual foi a tua resposta?
·         Dissestes o que?

Dissestes: “Não”, talvez amanhã ou não sei, não posso, nao tenho tempo, tenho medo… ou pior ainda, dissestes “sim” e depois que Ele te entregou muitos talentos, tu desistiu da missão que Ele te confiou (os enterrou)…
Ou dissestes a Ele: “Sim”! Eu quero e eu vou ser feliz, quero seguir-te “amado meu”…
Verificas se a partir deste momento tua vida não se transformou, não mudou completamente… verifica se Ele não te encheu de graças… verificas se Ele não foi te capacitando a cada “sim” e após cada convite, tu vais te tornando mais e mais feliz…
E hoje, Deus já te fez algum convite? Algum pedido?
Observe que hoje insistentemente Ele estára na porta do nosso coração, fazendo propostas, convites… mas sem forçar… nos dá total liberdade para aceitarmos ou não, fazermos aquilo que nos pede…
Já vimos que tudo é permitido, mas nem tudo é licito e convém… há tempo para tudo: para nascer, morrer, fazer sexo, rir, cantar, chorar… tudo na vida tem o seu tempo e o seu momento certo!
Mas lembre-se que sempre é tempo de se fazer o que Ele nos pede!
Se em algum momento você errou ou está errando, essa é a hora de acertar… de mudar, de seguir aquilo que Jesus ensinou…
Ele passou por esta vida fazendo o bem a todos indistintamente, e como Jesus devemos também agir. Deixemo-nos ao longo deste dia ser interpelados por esta pergunta de Cristo: “O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar uma vida ou deixar que se perca?” (Lc 6,9).
O dia para fazer o bem é hoje e a hora é agora. Não permitamos que o nosso coração se feche nem que a graça de Deus passe na nossa vida sem que tomemos posse dela…
Nunca voltes para o caminho que te afastas de Deus… Jesus nos diz que o caminho para seguí-lo é estreito, diferentemente daquele que o mundo nos propõe que é largo, cheio de falsas alegrias, falsas felicidades,… caminho que nos leva direto ao fogo do inferno…
Agora é tempo de ser justo, de observar a tua volta os anjos e os sirineus que Deus tem colocado para cumprir a sua missão… faça um minuto de meditação e verifiques se quando precisou eles não estavam lá, no mesmo lugar onde Jesus te apresentou… estes pode acontecer a tribulação que acontecer, jamais irão te abandonar… então cuidas e zela por eles…sejas também, um pouco anjo e sirineu deles, porque certamente precisam de ti para cumprirem a missão que Deus também lhes confiou.
Faça uma breve reflexão de seus atos certos e errados e estabeleça o propósito de à partir de então fazer o que é certo, corrigindo aquilo que está errado… mas não deixes para amanhã… O TEMPO CERTO DE FAZER O BEM E O QUE É CORRETO É AGORA! Portanto, rezas a Deus pedindo perdão pela tua fraqueza e estabeleces o propósito de mudar e não mais pecar:
“Meu Deus eu me arrependo de todo o coração de vos ter ofendido,
porque sois bom e amável. Prometo, com a vossa graça não mais pecar.
Meu Jesus, misericórdia.”

Vamos rezar pedindo a Deus: Senhor, ensina-nos a agir como o Senhor age. Jesus, eu confio em Ti! Cuida de mim, de minha família, de meus amigos, de meus irmãos, fazei com que eu saiba reconhecer e cuidar dos meus anjos e sirineus e que eles também vejam um pouco de Ti em mim. Amém.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Três novas Províncias Eclesiásticas no Rio Grande do Sul

A Diocese de Cachoeira do Sul agora faz parte da nova Província Eclesiástica de Santa Maria.



O papa Bento XVI anunciou hoje, 13, a criação de três novas Províncias Eclesiásticas no Rio Grande do Sul, elevando à arquidiocese as antigas dioceses de Santa Maria, Passo Fundo e Pelotas. Consequentemente, seus bispos foram nomeados arcebispos. São eles: dom Hélio Adelar Rubbert (Santa Maria), dom Jacinto Bergman (Pelotas) e dom Pedro Ercílio Simon (Passo Fundo).


A criação das novas Províncias Eclesiásticas se deu pelo desmembramento da Província Eclesiástica de Porto Alegre, que englobava todas essas dioceses. As novas Províncias Eclesiásticas serão assim constituídas a partir de hoje:

Província Eclesiástica de Santa Maria: diocese de Uruguaiana, Cruz Alta, Santo Ângelo, Santa Cruz do Sul e Cachoeira do Sul.

Província Eclesiástica de Passo Fundo: diocese de Vacaria, Frederico Westphalen e Erexim.

Província Eclesiástica de Pelotas: diocese de Bagé e Rio Grande.

Província Eclesiástica de Porto Alegre será composta das dioceses de Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Osório e Montenegro.

Texto extraído do site da CNBB
Postado por Felipe Drews - Dep. de Pós CLJ

terça-feira, 12 de abril de 2011

Jovens do CLJ pregam retiro de Crisma em Santana da Boa Vista

Jéssica, Taylor e Diuly ministrando a palestra Reflexo de Deus. Foto: Emilin Grings

 Motivados pela missão de Evangelizar, sete jovens do CLJ da Paróquia São José foram a Santana da Boa Vista - que fica a 164 quilômetros de Cachoeira do Sul - pregar retiro de Crisma no último domingo. Os cachoeirenses, acompanhados do Tio Carlinhos, foram responsáveis pelas palestras e reflexões realizadas durante o dia

Os 23 jovens que participaram do encontro vão receber o sacramento da Crisma no próximo sábado. O retiro tinha como objetivo prepará-los para exercer o papel de crismados na Paróquia Nossa Senhora Santana, da qual pertencem.

O município de Santana da Boa Vista faz parte da Diocese de Cachoeira do Sul.

Postado por Emilin Grings

COMO É BOM TER AMIGOS! MAS AMIGOS DE FÉ, AMIGOS/IRMÃOS...

Por Diácono Carlinhos

“O AMOR SE DOBRA PARA NÃO SE ROMPER!” (Luzia Santiago)

Nem todo amor é amizade, pois que podemos amar sem ser amados; neste caso só há amor, mas não há amizade; porque a amizade é um amor mútuo, e se o amor não é mútuo, não pode ser amizade. E ainda não é bastante que o amor seja mútuo, é necessário também que as pessoas que se amam conheçam esta afeição recíproca, de modo que, se a ignorarem, têm amor, mas não têm amizade. Requer-se que haja alguma comunicação entre as pessoas que se amam, a qual é ao mesmo tempo o fundamento e o sustentáculo da amizade.

A amizade fundada sobre os prazeres sensuais ou sobre certas perfeições vãs e frívolas é tão grosseira que nem merece o nome de amizade. Assim, isso não é amizade. Porque na amizade, um vê o outro (a) como irmão.

Ah! Quanto é bom amar já na terra o que se amará no céu e aprender a amar aqui estas coisas como as amaremos eternamente na vida futura. Não falo, pois, aqui simplesmente do amor cristão que devemos a nosso próximo, todo e qualquer que seja, mas aludo à amizade espiritual, pela qual duas, três ou mais pessoas se comunicam mutuamente as suas devoções, bons desejos e resoluções por amor de Deus, tornando-se um só coração e uma só alma.

A perfeição, portanto, não consiste em não ter nenhuma amizade, mas em não ter nenhuma que não seja boa e santa. São Jerônimo, Santo Agostinho, São Gregório e todos os grandes servos de Deus tiveram amizades particulares, sem dano algum para a sua santidade” (São Francisco de Sales).

Eis o segredo para obter uma grande amizade:

”Quem teme ao Senhor terá também uma excelente amizade, pois seu amigo lhe será semelhante” (Eclo 6,17).

Peçamos ao Senhor que purifique as nossas amizades e que as vivamos segundo o Seu coração e que nossos amigos sejam verdadeiros anjos e sirineus que Ele vai colocando em nossas vidas…

Amigos verdadeiros são aqueles que nos colocam a cada dia mais perto de Deus!

Teus amigos te colocam perto de Deus ou te afastam d’Ele?

Se a resposta for à segunda pergunta, esses não são teus amigos...

Pense nisso... Votos de uma feliz e abençoada semana... Shalom!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Essa tal perseverança

Ao iniciar uma caminhada mal sabemos o que vamos encontrar no caminho. Muitas vezes cruzamos por trechos árduos, pedregosos, difíceis de transpor. Outras vezes, os espinhos, do nosso próprio coração, nos sufocam. Porém, é preciso seguir, um passo de cada vez.

Nosso coração precisa estar em paz, conosco mesmo, com os outros e com Deus. Somente assim poderemos carregar a cruz que Deus nos confiou. "Se a cruz pesada for, Deus estará contigo". Deus sempre está contigo através do seu irmão, do seu amigo, do seu cirineu.

Então, se hoje você acha que é o momento de dar um tempo, largar de mão essas "coisas de Igreja, de Deus", é exatamente nesse momento que você mais precisa dele. Então "É pra você que eu canto essa | Que eu canto com vontade de lhe ver aqui voltar | Você que esqueceu do que é a tal perseverança | E da esperança de algo mudar".





Saiba que o ombro, o abraço, o carinho de "amigos que nasceram pela fé" jamais acabam. Basta abrir o coração e sentir o amor de Deus.


Shalom!

Postado por Felipe Drews - Pós CLJ

domingo, 10 de abril de 2011

Papa elogia expansão da “lectio divina” na América Latina

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 8 de abril de 2011 (ZENIT.org) - Bento XVI percebe que há sinais encorajadores para a nova evangelização na América Latina, relançada pela Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe em Aparecida (Brasil, maio de 2007), como evidenciado pela redescoberta da meditação da Palavra de Deus em paróquias e comunidades, a assim chamada "lectio divina".
Ele o constatou na manhã desta sexta-feira, ao concluir a assembleia plenária da Pontifícia Comissão para a América Latina, organismo da Santa Sé presidido pelo cardeal Marc Ouellet, fundado em 1958 pelo Papa Pio XII, com a missão de fortalecer as relações entre as igrejas locais e os diversos departamentos da Cúria Romana.
Em sua audiência aos cerca de 40 participantes a assembleia, o Pontífice revelou que, "durante os encontros que tive nos últimos anos, por ocasião das suas visitas ‘ad Limina', os bispos da América Latina e do Caribe sempre fizeram referência ao que estão realizando em suas respectivas circunscrições eclesiásticas para implementar e incentivar a missão continental com a qual o episcopado latino-americano quis relançar o processo da nova evangelização depois de Aparecida, convidando todos os membros da Igreja a colocar-se em um estado permanente de missão".
Segundo o bispo de Roma, "esta é uma opção de grande transcendência, pois se pretende com ela voltar a um aspecto fundamental da tarefa da Igreja, isto é, dar primazia à Palavra de Deus para que seja alimento permanente da vida cristã e o eixo de toda ação pastoral".
O Papa considerou que "este encontro com a Palavra divina deve levar a uma profunda mudança de vida, uma identificação radical com o Senhor e seu Evangelho, para se tornar plenamente consciente da necessidade de estar firmemente enraizado em Cristo", reconhecendo, como ele mesmo escreveu em sua primeira encíclica, 'Deus caritas est', que, "ao início do ser cristão, não há uma decisão ética ou uma grande ideia, mas o encontro com um acontecimento, com uma Pessoa que dá à vida um novo horizonte e, desta forma, o rumo decisivo" (n.1).
Bento XVI expressou sua satisfação ao constatar que, na América Latina, "tem sido uma prática crescente a ‘lectio divina' - a meditação orante da Palavra de Deus - nas paróquias e nas pequenas comunidades cristãs, como uma forma cotidiana para alimentar a oração e, dessa maneira, dar solidez à vida espiritual dos fiéis".
Uma das conclusões do sínodo de bispos do mundo sobre a Palavra de Deus, realizado no Vaticano de 5 a 26 de outubro de 2008, foi precisamente a promoção da "lectio divina", e isso é refletido na exortação apostólica pós-sinodal 'Verbum Domini', na qual Bento XVI recolhe seus frutos.

Por Diácono Carlinhos

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Rio de Janeiro, 07 de Abril de 2011.

Muitos acordando para ir à escola, ou ao trabalho e muitos reclamando por isso. De fato parecia um dia normal, era. Mas não seria dali há algumas horas..
Enquanto pessoas estavam no transito reclamando pelo o engarrafamento, ou enquanto muitos estavam na escola reclamando de uma aula chata que estava tendo, crianças e adolescentes de um colegio municipal do Rio estavam sofrendo um pesadelo.. Um colégio onde crianças e adolescentes estavam estudando para quem sabe, ter um grande futuro lá na frente, sofre atentado de um atirador que entra na escola e mata 11 crianças e deixa 13 feridas.. Sonhos que foram embora, planos que ficaram pra trás.. Enquanto muitos reclamam que tudo está perdido, nada mais faz sentido, será que a partir de agora, a vida das mães que perderam os filhos, fará sentido? Pense mais nisso. Quando for reclamar que não tem o celular modelo mais novo, pensa que seus pais te deram o que puderam, lembre-se que essas mães nunca mais poderão dar nada para seus filhos, nem se quer um sorriso. Quando você sentir vontade de sumir, lembre-se dessas crianças que dariam tudo pra viver de novo e dessas mães que dariam tudo pra ter seus filhos nos braços novamente. E quando ouvimos uma menina de apenas 12 anos dizer, agonizada, tais palavras: “Ele começou a atirar. Eu me agachei e, quando vi, minha amiga estava atingida. Ele matou minha amiga dentro da minha sala.” (Camila Dias)

Postado por: Elisa Baumhardt

Vídeo passado no último PRÉ



Este vídeo foi assistido pelo pessoal do PRÉ na última reuinão (02/04), pois estavamos vivenciando o 2º Reencontro do CLJ São José.

Postado por: Jéssica

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Não julgue o livro pela Capa!

Era uma vez um livro, todo cheio de poeira no canto da estante da biblioteca antiga, sua capa era grossa e envelhecida...

As aparências enganam, julgar algo ou alguém sem motivo ou sem prova concreta de conhecimento sobre tal pode até ser um coisa sem importância, mas não é .

Julgar é uma coisa séria, o falso julgamento pode ser considerado crime em nossa sociedade perante a justiça, segundo a lei crimes que violam a honra: a Calúnia ( art. 138 ) , a Difamação ( art. 139 ) e a Injúria ( art. 140 ).

E segundo a lei de Deus, 
“Não levantar falso testemunho” julgando seu próximo, dizendo que ele é isso, aquilo ou coisa e tal.

Só Deus é justo e tem o poder de julgamento, completo a frase na palavra em Salmos 96,10 
“Dizei entre os gentios que o SENHOR reina. O mundo também se firmará para que se não abale; julgará os povos com retidão."

Ao escrever esse texto eu lembrei daquelas pessoas que eu julguei sem as conhece-las, fazendo minha alto rotulação, fulano é isso, é assim, ou assado. Me lembrei também que virei amigo de verdade daqueles que julguei errado e quantas e quantas vezes fui julgado.

Talvez você, assim como eu, tenha julgado sem conhecer ou tenha sido julgado, lembra daquele livro velho, esquecido, que por esta assim, nessa situação você não pegou para ler. Pois é, talvez ele tenha uma linda e especial história pra você...
.

Postado Por Diuly B.

Fonte: Blog católico 

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Esperando Respostas



Pe. Fábio fala que quando esperamos respostas de quem não conhecemos ficamos com medo de não sermos compreendidos, medo de que a outra pessoa não consiga enchergar nosso valor. Mas quando esperamos respostas de quem nos ama, sabemos que a resposta será a melhor. Assim ocorre com o Amor de Deus, quando nos damos conta de que Deus nos ama muito, sabemos que as respostas virão e serão favoráveis. Precisamos confiar no Amor de Deus, pois Ele nos quer felizes.

Você pode ver esse e outros vídeos no blog Direção Espiritual.

E você, jovem, que respostas você espera que deixam seu coração agitado? Confie em Cristo, pois nele sempre está o Caminho, a Verdade e a Vida.

Shalom!
Postado por Felipe Drews

segunda-feira, 4 de abril de 2011

"Pra te encontrar amado meu"



Combinação perfeita: CLJ NSA e CLJ São José. Foto: Felipe Drews

O desejo de todo o ser humano é ter momentos semelhantes aos quais tivemos a oportunidade vivenciar neste fim de semana. Livre de uma rotina estressante que nos faz escravos do relógio, passamos dois dias em contato com a natureza, podendo ouvi-la e contemplá-la em sua plenitude. Presenciamos o levantar  do orvalho da manhã e o nascer do sol de mais um dia de outono.

Isso tudo foi possível graças a Deus que nos chamou para mais um encontro pessoal com Ele. Ao lado dos nossos anjos e anfitriões de Gravataí, vivenciamos o 15º Reencontro do CLJ Nossa Senhora dos Anjos e 2º Reencontro do CLJ São José no Seminário São José. Sentimos a presença quase palpável de Cristo agindo em nós. Em diversos momentos, o Espírito Santo fez acelerar o nosso coração. Vivemos um pedacinho do céu.

"Pra te encontrar amado meu" era o tema do retiro. Momentos de entrega, de oração, de reflexão e de muita alegria proporcionaram esse encontro com o nosso amado Jesus. Foi tudo perfeito. E agora, abastecidos do amor de Deus, estamos ainda mais preparados para cumprir a nossa missão: EVANGELIZAR.

Depoimentos:

"Conheci Deus por inteiro neste Reencontro. A certeza de que todos buscavam o mesmo ideal fez com que esse encontro com Deus fosse ainda mais maravilhoso". Márcia Sanson, 14 anos.

"Foi um encontro com Deus que fortaleceu muito a minha fé". Guilherme Moreira, 15 anos.

"Ao chegar perto de Deus, pude libertar o meu coração de muitas mágoas e angustias. Foi muito bom!". Erick Baltezan, 17 anos.

Veja alguns momentos vividos no vídeo abaixo:




Postado por Emilin Grings