segunda-feira, 13 de setembro de 2010

PARA VOCÊ MEU AMIGO DO PEITO... MEU IRMÃO DE CORAÇÃO!

Por Diácono Carlinhos

JOVEM DO CLJ - POR FAVOR, UM MINUTO DA SUA ATENÇÃO!

Com a frase de Fernando Sabino começo a reflexão de hoje:

“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”


· Você viveu algum momento inesquecível recentemente?

· Aconteceram coisas inexplicáveis que tenham mudado sua vida?

· Conheceu ou conviveu com pessoas incomparáveis?


Pois bem, agora avalie todas as suas respostas e se elas têm relação com as pessoas que você encontrou, conheceu ou que participam do CLJ...

E observem “o que” e quem uniu vocês...


Vamos continuar refletindo: como foi sua semana? Conseguiu fazer as espiritualidades? Participou da Serenata na Capela? Da reunião de pós? Teve alegrias? Frustrações? Estudou, sorriu, chorou, agradeceu, rezou?


Agora, reveja suas respostas e vejam que a pessoa certa é a que está ao seu lado em todos os momentos, sejam eles bons ou ruins, certos ou incertos... Devemos observar principalmente nos momentos de dificuldades, quando achamos que nada mais têm solução...

· Houve momentos assim?

· Quais foram os ombros que estavam e permaneceram lá?

Feche seus olhos por alguns instantes e lembrem: das dificuldades e das alegrias, das derrotas e das vitórias que você viveu recentemente... quem estava lá com você?


Você já olhou para essa ou essas pessoas e disse-lhe: “TU É MUITO IMPORTANTE PARA MIM!”

Ou então, muito obrigado por tudo que tu tens feito por mim... ou então... poxa me desculpe pelas vezes te magoei e te machuquei...


Às vezes justamente as pessoas que mais fazem por nós, são justamente as pessoas que mais machucamos.


Não esqueçam que essas pessoas podem ser retiradas fisicamente de nosso convívio e então não teremos uma nova chance de expressarmos estes sentimentos... então, não deixe para depois, faça isso agora.


Lembrem-se sempre que a amizade é algo que nos proporciona momentos inesquecíveis e que numa amizade verdadeira, nem sempre tudo é bom, porque às vezes, o verdadeiro amigo precisa nos corrigir, mas quando a amizade é verdadeira, mesmo nos momentos menos bons, há um sentimento tão forte que sentimos um pelo outro, seja de carinho, respeito, admiração, o qual preenche o sentimento de insatisfação e fica o melhor dos sentimentos... O AMOR DO AMIGO! O verdadeiro amigo do peito...


O amigo irmão são aqueles verdadeiros presentes de Deus... Que como do nada aparecem e enchem nossa vida de luz, brilho, alegria e felicidade... São legítimos anjos de Deus que Ele coloca na terra para abençoarem nossos dias.


Agora se você neste momento esta vivendo momentos de intensa alegria e realizações, isso é ótimo, é maravilhoso, isso é fruto do que você semeou... Mas não se esqueça de levar aquele amigo do peito nesta celebração... Pois infelizmente, às vezes só lembramos-nos desse amigo quando sentimos dor, pois é na dor dos momentos tristes que conhecemos o melhor das pessoas que nos cercam. Normalmente no momento de dificuldade, o “conhecido”, ou aquela “parceria”, infelizmente vai nos deixar só, porque não podem abrir mão de seus programas com os nossos problemas, são aqueles egoístas que só nos sugam, usufruem de nossa alegria e felicidade, mas não são capazes de nos emprestar um ombro na hora da dificuldade... Se você convive com pessoas assim, cuidado!

Observem que os momentos certos trazem pessoas certas e com atitudes certas. Por isso, espere cada momento, ame cada pessoa e escolha cada atitude... Cada momento é único na vida da gente.


Pergunto:

Se você estivesse escrevendo no seu diário o que aconteceu nessa semana... Escreveria o que?

Relembro as perguntas: como foi sua semana? Conseguiu fazer as espiritualidades? Participou da Serenata na Capela? Da reunião de pós? Teve alegrias? Frustrações? Estudou, sorriu, chorou, agradeceu, rezou?


Portanto, meus caríssimos jovens, eu pedi um minuto da vida de vocês, para que vocês com sabedoria, tranquilidade e amor no coração, aprendam a escrever os capítulos mais importantes de sua história, sejam eles momentos difíceis ou sejam eles momentos de alegria e satisfação... Não se esquecendo de escrever e lembrarem-se de quem estava lá com vocês... Lembram de que alguns dias atrás meditamos sobre “Essa tal Felicidade”, que ela é saber encarar momentos difíceis e não cair, e que para sermos felizes precisamos viver o presente... Agradecendo a Deus o presente que Ele lhe deu... “o seu amigo do peito”.


E a próxima vez que encontrá-lo diga: “TU É MUITO IMPORTANTE PARA MIM!”

Não esquecendo também que somos eternamente responsáveis por aqueles que cativamos.


Começa por mim... Perdoe-me se algum dia lhe magoei e tu és muito importante para mim... Ajudou-me a escrever os melhores capítulos de minha história... Muito obrigado por ser o que tu és... Que Deus te abençoe, hoje e sempre... Shalom!

Um comentário:

  1. Adoro esses textos do Tio. Faz a gente refletir sobre os nossos atos.

    ResponderExcluir