sexta-feira, 8 de abril de 2011

Rio de Janeiro, 07 de Abril de 2011.

Muitos acordando para ir à escola, ou ao trabalho e muitos reclamando por isso. De fato parecia um dia normal, era. Mas não seria dali há algumas horas..
Enquanto pessoas estavam no transito reclamando pelo o engarrafamento, ou enquanto muitos estavam na escola reclamando de uma aula chata que estava tendo, crianças e adolescentes de um colegio municipal do Rio estavam sofrendo um pesadelo.. Um colégio onde crianças e adolescentes estavam estudando para quem sabe, ter um grande futuro lá na frente, sofre atentado de um atirador que entra na escola e mata 11 crianças e deixa 13 feridas.. Sonhos que foram embora, planos que ficaram pra trás.. Enquanto muitos reclamam que tudo está perdido, nada mais faz sentido, será que a partir de agora, a vida das mães que perderam os filhos, fará sentido? Pense mais nisso. Quando for reclamar que não tem o celular modelo mais novo, pensa que seus pais te deram o que puderam, lembre-se que essas mães nunca mais poderão dar nada para seus filhos, nem se quer um sorriso. Quando você sentir vontade de sumir, lembre-se dessas crianças que dariam tudo pra viver de novo e dessas mães que dariam tudo pra ter seus filhos nos braços novamente. E quando ouvimos uma menina de apenas 12 anos dizer, agonizada, tais palavras: “Ele começou a atirar. Eu me agachei e, quando vi, minha amiga estava atingida. Ele matou minha amiga dentro da minha sala.” (Camila Dias)

Postado por: Elisa Baumhardt

Nenhum comentário:

Postar um comentário