quarta-feira, 4 de maio de 2011

JOVENS ALCOOLATRAS (Doentes - dependentes químicos)

Bebidas alcoólicas


Os anúncios publicitários de cervejas atraem os adolescentes e estão diretamente associadas ao consumo da bebida alcoólica por jovens entre 11 e 16 anos. Um estudo da Universidade Federal de São Paulo revelou que os jovens prestam muita atenção aos anúncios de bebida.
No estudo, foram ouvidas 1.115 estudantes de 11 a 16 anos, dos 7°e 8º anos, que responderam a um questionário com mais de cem variáveis ligadas à ingestão de álcool.
Dados do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas indicam o início do consumo de álcool no Brasil, em média, aos 12,5 anos.
Os pequisadores dizem que não se pode atribuir o consumo de cerveja aos comerciais, mas a pesquisa aponta que eles estão associados ao ato.
Não apenas a propaganda está ligada à iniciação alcoólica, segundo o estudo. Pouco controle dos pais e consumo de cigarro também aparecem diretamente associados.

O consumo de cerveja foi menor no grupo de jovens que respondeu dar satisfação aos pais, quando estão sozinhos.
Convém destacar que "dependência química" é uma doença classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como incurável.
Assim, o ideal é dizer "não" ao primeiro gole.
Fonte: Redação e agências de São Paulo
Autor: Redação
Revisão e Edição: Redação
-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

03/05/2011 08:50
Comissão sobre consumo de bebidas alcoólicas inicia hoje os trabalhos
Será instalada nesta tarde a comissão especial criada para analisar as causas e consequências do aumento do consumo de álcool nos últimos anos. A comissão deverá propor novas políticas públicas para a prevenção e o combate ao alcoolismo.
A comissão foi criada por sugestão do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), que deverá ser seu relator. “O Estado dá muita atenção às drogas ilícitas, mas não atua de forma competente na questão do álcool”, afirma o deputado.
Macris cita estatísticas do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (vinculado à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo) segundo as quais 40% dos adolescentes e 16% dos adultos que procuram tratamento para o alcoolismo experimentaram a bebida antes dos 11 anos de idade. O deputado acrescenta que, só no estado de São Paulo, 1 milhão de pessoas sofrem de alcoolismo.
A ideia de criar a comissão especial surgiu quando o presidente da Câmara, Marco Maia, rejeitou o pedido de Macris para que fosse instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Alcoolismo. Maia explicou que não havia fato determinado para ser investigado por uma CPI, mas que o assunto poderia ser abordado por outro tipo de comissão.
Depois da instalação, serão eleitos o presidente e os vice-presidentes do colegiado. Também está prevista a definição do roteiro de trabalho.
A reunião será realizada às 14h30, no plenário 13.
*Matéria atualizada em 03/05
Da Redação/ JMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário