segunda-feira, 23 de maio de 2011

O QUE ESCOLHESTES? O CÉU ou O INFERNO?

Por Diácono Carlinhos
♪♪♪ Surge nova aurora / Nasce novo dia / Brilha outra luz / Canta o coração. E a estrada que era longa e até parece breve / Tu caminhas sempre mais, ooo / Não te cansarás jamais, ooo / Se te lanças na aventura de amar, somente amar. Sempre mais aquela meta alcançarás.
♪♪♪Olha tu caminhas / Mas só não estás / Deus que te escolheste / Te acompanhará. Mesmo se às vezes / Escuro se faz / Anda para frente / Jamais para trás. ♪♪♪
Queres ser feliz? Queres realmente encontrar Deus? Queres mudar tua vida?
Entao supere tudo em nome do “amor”, sem amor não há perdão, sem perdão não ficamos perto de Deus, longe de Deus não somos nada, ou melhor, somos alvos fáceis do maligno que está aí vibrando com as nossas falhas e nossos atos de desamor. “Pai... perdoai os nossos pecados, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido...”
Vamos ser conscientes. Olha para dentro do teu coração e verificas se em algum momento ficastes sem perdoar alguém. Olha quanto sentimento ruim habitou no teu coração. Quanta coisa boa tu deixastes de aproveitar justamente por causa disso. Deixastes de desfrutar de momentos únicos na tua vida. Deixastes para trás a oportunidade de teres tido boas gargalhadas; de momentos agradáveis; de convívio; de alegria e felicidade... um vazio começa habitar o nosso coração e esse vazio nos deixa doentes, ficamos frustrados e a frustração nos deixa tristes, desmotivados, com vontade de largar tudo, principalmente os projetos que Deus fez para nós... sim se estamos pensando assim, estamos doentes e estamos ficando fracos e fracos estamos mais sujeitos às propostas do mal... quer um remédio? Oração, perdão, amor, carinho, amizade, temor a Deus...

Começamos aceitar o isolamento. A dor da solidão ou trocamos as companhias e os amigos por parceiros, por conhecidos, gente do mundo... trocamos nossa rotina, passamos a sermos mais fúteis... deixamos de aproveitar nosso tempo em prol do outro e trocamos pelas companhias virtuais, pelas redes sociais... esquecemos o SIM que demos a Deus, não mais reconhecemos os talentos e os dons que Ele nos alcançou... esquecemos das transformações e das graças que nos foram dadas e aos poucos vamos indo na diração do mundo mundano...
Paras para pensar! Isso está ocorrendo contigo? Então, estás esperando o que? Fazes logo o caminho que o Filho Pródigo fez e corre para os braços do Pai. Sim, não tenhas medo, não sejas orgulhoso... voltas correndo aos braços do Pai.
Sejamos inteligentes, conscientes e vejamos que a nossa falta de perdão nos deixa infelizes, nos deixa inquietos, nos deixa doentes em todos os planos (físico – psiquico – espiritual)... olha, te dá conta para onde estás indo...
Queres ver uma festa no céu? Perdoa, ama, abraça, diz o quanto o outro é importante para ti... e tenhas a certeza de que “ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS”.

 
Queres uma festa no inferno? Faz tudo ao contrário... tenha raiva, ódio, rancor, não perdoa, seja vingativo,... não imaginas o quanto faz o diabo feliz...
Agora a decisão é sempre nossa: “SE AGRADAMOS A DEUS OU AO DIABO!”

Tem uma música do Frei Luiz Turra cujo título é: DEIXA AQUI TUA OFERTA!
♪♪♪Deixa aqui tua oferta sobre o altar / Vai primeiro abraçar o teu irmão
E depois poderás apresentar / Ao teu Deus o louvor de teu perdão
Somos, Senhor, o teu povo / Hóstias também neste altar
Vidas agora se alegram / De sempre mais perdoar
Oferendas sem paz não têm valor / Sem amor tu não podes ter a paz
Se, porém, sepultares teu rancor / Meu perdão redentor também terás
Abre, pois, ao irmão teu coração / Busca aqui o teu Deus sempre imitar
Mãos abertas na cruz tu vês então / Para sempre acolher e perdoar♪♪♪
Na verdade essa música é uma sintese do que São Paulo, na I Carta aos Coríntios, 13, 4-13 – nos ensina:
“O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho. Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se regozija com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais passará. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência também desaparecerá. Pois o nosso conhecimento é limitado; limitada é também a nossa profecia. Mas, quando vier a perfeição, desaparecerá o que é limitado. Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Depois que me tornei adulto, deixei o que era próprio de criança. Agora vemos como em espelho e de maneira confusa; mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é limitado, mas depois conhecerei como sou conhecido. Agora, portanto, permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. A maior delas, porém, é o amor”.
O amor é paciente: Quantas vezes somos pacientes em nosso dia-a-dia? O tempo passa e não conseguimos ser pacientes. Essa é a hora de revermos essa questão e pensar: “Se Deus está me falando que amar é ser paciente, porque então estou agindo assim com as pessoas que são próximas de mim?”. O amor é prestativo. Ser prestativo é amar! O amor é verdadeiro. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Lindo isso! Quando amamos alguém, somos misericordiosos com essa pessoa. Ter misericórdia significa amar mesmo quando o outro não merece ser amado é amá-lo mesmo num momento de tribulação e de desavença que ocorre entre amigos e irmãos é não deixá-lo de amá-lo.
Quem disser que não ama a um irmão, pode ter certeza de que embora esteja no templo, não está na Igreja... porque não estará plenamente junto de Deus... pois Ele é só amor. Tenha certeza de que não estará em comunhão, nem com a Igreja e nem com Deus.
Entao como canta o Padre Antonio Maria, também você faça dessa canção uma prática, faça dela um “orar + ação” (oração)...
♪♪♪Vamos Jesus passear, na minha vida / Quero voltar aos lugares em que fiquei só
Quero voltar lá contigo, vendo que estavas comigo / Quero sentir teu amor, a me embalar
Cura Senhor, onde dói / Cura Senhor, bem aqui / Cura Senhor, onde eu não posso ir♪♪♪
Nao precisas mais ficar só! Não precisas mais te afastar dos projetos de Deus! Não precisas mais esquecer os teus SIMs e não reconhecer as graças que Deus te alcançou justamente pelas tuas respostas positivas aos seus convites. Pedes a Deus neste momento a tua cura...Pedes para Ele te mostrar o caminho...
Deixa de lado a vaidade, o orgulho... vais continuar te machucando e te afastando de Deus até quando?
Pedes para Ele acalmar o teu passo e abrir as portas do teu coração para que Deus possa entrar e cear contigo! Porque se dentro do teu coração tiver ódio, rancor, raiva... tenhas a certeza de que Deus está lá fora... batendo a porta e te dizendo... “eis que estou a porta e bato, se abrirdes entrarei e cearei contigo...” ou seja, se abrirdes a porta estarás em comunhão com Deus.
Agora, a decisão é so tua...
Onde queres promover a festa: no céu ou no inferno?
Na Carta de São Tiago 1, 12-18 ele nos alerta para sermos responsáveis pelos nossos atos, não como os demais homens, mas como alguém que foi resgatado por Cristo, pois eles estavam colocando a culpa de suas tentações em Deus.
Mas Tiago diz: a culpa não é de Deus, é que vocês têm uma natureza pecaminosa e você mesmos não vigiam e acabam cedendo as tentações pelos próprios desejos de suas carnes... preferem dar ouvidos ao mundo do que a Deus. Cuidado! Se fizestes alguma promessa, se firmastes algum compromisso com Deus, cumpra!
Assim, decidam a quem vocês querem seguir... se é ao Deus do amor, ou as tentações e conscupciências da carne propostas pelo demônio, quando também estarão decidindo onde irão morar na eternidade, se no céu ou no inferno...
É segunda-feira, é começo de semana... é tempo de recomeçar... quem sabe fazemos esse propósito... hoje vou voltar aos braços do Pai através de um ato de amor... através do exercício de “AMAR SOMENTE AMAR”...
♪♪♪Olha tu caminhas / Mas só não estás / Deus que te escolheste / Te acompanhará. Mesmo se às vezes / Escuro se faz / Anda para frente / Jamais para trás. ♪♪♪
Pense nisso!
Tenha uma feliz e abençoada semana...
Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário