quarta-feira, 18 de maio de 2011

PAPA DESTACA AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO E O PERDÃO COMO CONDIÇÃO PARA ESTAR PERTO DE DEUS...

“A Igreja nasceu do Espírito e em todas as épocas foi impulsionada pelo Espírito a trazer a boa nova pela reconciliação em Cristo. Devemos crer na difusão no Espírito Santo como em Pentecostes (festa que se aproxima) e que este Espírito trás como principal condição o perdão, para que realmente estejamos perto de Deus... não perdão não há exercício de amor... sem exercício de amor, não estamos com Deus”.

“Cristo estabeleceu a Igreja como comunidade dos apóstolos, um corpo místico vivificado pelos dons do Espírito. Em todos os lugares e todos os tempos, a Igreja é chamada a crescer em unidade e é chamada à conversão a Cristo”, afirmou.

O Papa também fez um convite à unidade e ao testemunho: “A unidade é celebrada nos sacramentos e dá impulso à missionariedade. Se você não estiver em unidade com o seu irmão, não está em comunhão com Deus.”

O Santo Padre afirmou que o mundo é uma “encruzilhada” para Igreja e para a sociedade: “As famílias estão se tornando sozinhas e independerdes, o que gera quebra nos fundamentos, polarização, ódio, violência, enfraquecimento e esquecimento de Deus”. Em contrapartida, disse que a Igreja vê sinais de promessa: "Paróquias e comunidades estão se fortalecendo. O Senhor manda teu Espírito e renova face da terra".

"As Palavras do Evangelho, recordou o Papa, saem do coração da Igreja e nos lembram que o Espírito Santo foi derramado e originou novos frutos sobre a terra. A paz vai, portanto, reinar. Que o coração de cada Cristão seja renovado no próprio Espírito".

“Se você for fiel para com seu irmão e para com a Igreja contribui para um mundo menos secularizado e materialista".

Falando aos jovens, o Papa disse que 'muito precisa ser feito para que conheçam o Senhor'. "São desafios que condizem ao crescimento de nossa fé. A harmonia entre a fé e razão são urgentes para enfrentar as questões da sociedade de hoje".

O Santo Padre tocou no assunto da ‘dor que América experimentou com abuso sexual de menores’. "É importante que aqueles que sofreram contem com ajuda pastoral. É preciso assegurar as crianças que perderam o amor cresçam em ambientes seguros. Peço a vocês por perdão e santidade".

Remetendo-se a necessidade do perdão, o Papa falou que o Senhor nos dá os dons do Espírito e nos ensina perdoar. O Papa fez um convite dos povos á conversão e a renovação das práticas dos sacramentos. "Que uma vida diferente, orações, fé, esperança de Deus façam com que Igreja e humanidade vivam em um mundo reconciliado".

“Primeiro te reconcilia contigo mesmo, depois te reconcilia com o teu irmão, pois só assim estarás reconciliado com a igreja e com Deus” concluiu o Santo Padre.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário