domingo, 31 de julho de 2011

MEDITAÇAO – SEGUNDA-FEIRA (01/08/2011) – FRACOS NA FÉ


+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo... Amém.

Intenções para hoje (minhas pessoais... pelos outros...)

Vinde Espírito Santo enchei os corações...

Proclamação do Evangelho do Jesus Cristo segundo São Mateus 14,22-36.

Logo em seguida, Jesus mandou que os discípulos entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado do mar... O barco, entretanto, já longe da terra, era atormentado pelas ondas, pois o vento era contrário. Nas últimas horas da noite, Jesus veio até os discípulos, andando sobre o mar. Quando os discípulos o viram andando sobre o mar, ficaram apavorados e disseram: “É um fantasma”. E gritaram de medo. Mas Jesus logo lhes falou: “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!”. Então Pedro lhe disse: “Senhor, se és tu, manda-me ir ao teu encontro, caminhando sobre a água”. Ele respondeu: “Vem!”. Pedro desceu do barco e começou a andar sobre a água, em direção a Jesus. Mas, sentindo o vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!”. Jesus logo estendeu a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”. Assim que subiram no barco, o vento cessou. Os que estavam no barco ajoelharam-se diante dele, dizendo: “Verdadeiramente tu és o Filho de Deus!”...

MEDITAÇÃO

O Evangelho de hoje nos convida a avaliarmos a nossa fé. Os ventos contrários do texto lido lembram as nossas tempestades. Dizemos que temos fé, que seguimos Jesus, que ele está conosco, mas nos momentos difíceis nos apavoramos como Pedro.

Também nós duvidamos quando sentimos os "ventos contrários". Isso porque ainda não confiamos plenamente em Deus e no seu Projeto de amor.

É assim comigo?

A vida é curta para ser pequena! O amor sempre vence! Sempre existirá uma solução! Jamais desistir de ser feliz! Com Deus sempre é melhor, isso é fé! Acredite tu podes resolver o teu problema, isso é fé! Amizades verdadeiras são para a vida toda! Tu te transformas naquilo que gostaria de ser (bom ou mal)! A família é tudo! A oração é muito importante!

O Beato João Paulo II nos faz essa reflexão:

"A serenidade é o presente que recebemos quando deixamos Deus cuidar de nossas vidas. Não precisamos nos preocupar com nada. A solução está apenas a uma prece de distância..."

Assim, tudo que precisamos é orar + agir (oração), mas ter a certeza de que Deus escolhe o que é melhor para nós, isso é fé.

Veja o que encontramos em Proverbios 11, 21: “A tolerância de Deus é igual a zero para quem ultrapassa a linha vermelha. Ninguém escapará do juízo. A verdade é que o mau não ficará sem castigo.” Assim, faça o que é certo e tenha fé de que Deus lhe encaminhará pelo melhor caminho. Que irá colocar na sua vida os anjos e os sirineus necessários.

Sobre essa linha de pensamento o Papa Bento XVI escreve:

“a verdadeira qualidade de nossa vida e da vida social depende da reta consciência de cada um, da capacidade de cada um e de todos de reconhecer o bem, separando-o do mal, e de buscar realizá-lo com paciência”.

O problema é que queremos a ação imediata de Deus e normalmente conforme a nossa vontade e não a d’Ele. O mundo mundano nos propõe caminhos imediatos e ditos sem dor... o que é uma grande mentira, um grande engodo... um mundo que nos encaminha para os deuses do ter, poder e prazer... com isso nós estamos caminhando para uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e tem como valor máximo o ego e os desejos individuais, o ter sobrepõe o ser.

Dor, sofrimento, medos, angústias, incertezas, ... irão nos acompanhar por toda a vida... Deus nao nos promete FACILIDADES, MAS SIM, FELICIDADE...

É NESSE MOMENTO QUE LEMBRO DA CANÇÃO DO PADRE ZEZINHO, COM O TÍTULO “SERENO e FORTE”:

É quando a minha fé balança

E aquilo que eu achava certo eu já não acho mais

É quando o coração se cansa

E perde o pique da esperança que conduz a paz

É quando crer em Deus fica difícil demais

E o mundo nos crucifica porque temos fé

Nessas horas eu digo e direi

Digo e direi:

Sei em quem acreditei

Nessas horas eu digo e direi

Digo e direi:

Sei em quem acreditei

É quando o coração vacila ai, ai

E aquilo que eu queria tanto eu já não quero mais

É quando o sentimento oscila ai, ai

E como por um desencanto já não crê na paz

É quando fazer o bem fica difícil demais

E a gente até se arrepende do bem que já fez

Nessas horas eu digo e direi

Digo e direi:

Sei em quem acreditei

Nessas horas eu digo e direi

Digo e direi:

Sei em quem acreditei

Sei em quem acreditei.....

REFLEXÃO:

Qual meu novo olhar a partir da Palavra?

Meu novo olhar é de fé? Em casa, na rua, no trabalho, na escola, onde estiver, em alguma situação ameaçadora ou difícil, vou aumentar minha confiança no Senhor, na certeza de que ele me ajudará?

Na dúvida te recolhe em teu quarto, acende uma vela, abre tua Bíblia e reza... mas reza com todo o teu coração... TENHA FÉ e Deus vai falar contigo...

Uma feliz e abençoada semana...

SHALOM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário