quinta-feira, 28 de julho de 2011

OS BONS SERÃO COLOCADOS EM CESTOS, OS MAUS SERÃO LANÇADOS FORA!


Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 47-53



"O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que pegou peixes de todo tipo. Quando ficou cheia, os pescadores puxaram a rede para a praia, sentaram-se, recolheram os peixes bons em cestos e jogaram fora os que não prestavam. Assim acontecerá no fim do mundo: os anjos virão para separar os maus dos justos, e lançarão os maus na fornalha de fogo. Aí haverá choro e ranger de dentes. "Entendestes tudo isso?" - "Sim", responderam eles. Então ele acrescentou: "Assim, pois, todo escriba que se torna discípulo do Reino dos Céus é como um pai de família, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas". Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.

MEDITAÇÃO

A parábola fala da rede de pesca. Quando fica cheia é levada à praia. Ali, os pescadores separam os bons em cestos.

Os maus são jogados fora.

Jesus diz que assim será no fim do mundo. De certa forma, Jesus diz que devemos buscar o Reino, trabalhar por ele, intensamente, até ter as "redes cheias". Quando estas não suportam mais deve ser feita a separação dos bons e dos maus que "serão jogados fora", ou seja, não gozarão do convívio com os bons.

É opção pessoal de cada um ficar entre os bons ou os maus...

Na verdade nós não precisamos esperar o fim dos tempos para irmos fazendo esta separação. É interessante que dia-a-dia façamos a avaliação do conteúdo de nossa rede. Uma boa oportunidade é ao voltarmos pra casa depois de um dia de trabalho, de escola, de lazer, num momento de oração, à noite, ao agradecer a Deus pelos dons que nos concedeu durante o dia.

Devemos fazer uma avaliação dos nossos atos...

• Fomos corretos e justos com todos?

• Amamos a todos sem distinção?

• Perdoamos e fomos perdoados?

Deus a cada dia nos dá uma nova chance... de uma hora para outra aparece um “anjo”, um “sirineu” que não permite cometermos os erros que fazemos quando estamos sozinhos (na solidão, na escuridão) ou na companhia daqueles que já fizeram uma opção pelo mal...

Tu sabes que ontem pelo teu SIM Deus não permitiu que cometesses algo de ruim... Uma decisão que poderia afetar todo o teu ser...

Isso é assim mesmo, quando faço um encontro pessoal com Deus, aos poucos, começo a me dar conta da transformação que Ele já fez na minha vida. Agradeço a Deus as horas do dia que já transcorreram. Preparo-me, assim, para os dons que Deus vai me conceder no futuro. Ele me convidou, me mandou seus anjos e sirineus... eu disse SIM, e para isso Ele me capacitou...

Qual é o acontecimento de hoje que devo agradecer? Peça a luz do Espírito Santo em sua vida...

Meus erros cometidos não podem ser descobertos apenas pelo conhecimento racional. Deus conhece meus desejos profundos, o que quero ser e ele pode me dar o que necessito, curar meu coração, minhas feridas...

Mas para isso devo fazer exatamente aquilo que Ele me pede e me orienta... a começar pelo “perdão” (próprio e para com os outros)... isso é uma das primeiras condições para realmente se ter paz de espírito.

Permiti que Deus me dirigisse nos acontecimentos deste dia?

Experimentei seus dons: paz, amor, bondade, gentileza, paciência, fidelidade, autocontrole? Fui justo e leal com todos?

Olhei para trás e vi se reconheci aqueles que estiveram comigo quando todos me abandonaram e me deixaram no fundo do poço?

Examine sua consciência, seja justo...

O exame consiste em olhar para minha vida e descobrir o que está acontecendo desde a última vez que me examinei. Senti o chamado do Senhor através de uma pessoa, do meu convívio, trabalho, de um acontecimento, um amigo, a natureza...?

Para que Ele me chamou? Onde eu estava quando o “sirineu” chegou? O que eu iria fazer? Como seria a minha vida hoje?

Pense de que maneira fui sinal da presença de Deus para meus, amigos, pessoas do meu trabalho, escola, com quem me encontrei? Senti-me como pessoa isolada, vingativa, desencorajada, má, necessitada? Como isto me tocou? Arrependi-me? Ou o meu coração continua ainda repleto de sentimentos ruins?

É o momento de observar em que pontos concretos o Senhor me chama para a conversão. No que devo mudar. Cabe-me responder ao Senhor nesse chamado, e não me ater a pontos encontrados pela minha razão. O dia é hoje e a hora é agora...

Quanto mais eu confio no Senhor e deixo que Ele conduza minha vida, tanto mais experimentarei a verdadeira esperança sobrenatural. E esta experiência traz alegria. Deixo para trás o passado e, com todo meu ser, continuo correndo para minha meta (Fl 3,13).

Como está tua rede hoje? O que está faltando ainda para o teu coração estar realmente em paz?

Nunca esqueças o quanto o “Sirineu” sofreu também para poder ajudar Jesus a carregar sua cruz. Se colocou contra um sistema. Contra pessoas. Não permitiu injustiças. Portanto, não abuse de seus sirineus, lembre-se que eles também sofrem ao te ajudar a carregar a tua cruz, portanto sejas justo e serás feliz.

Tens cuidado de teus anjos e sirineus?

Sabes onde estão neste momento (estão bem – doentes – alegres – sofrendo...)?

Pense nisso!

Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário