terça-feira, 19 de julho de 2011

SCIO CUI CREDIDI - Sei em quem Acreditei


“O tempo é o espaço de que dispomos para construir nosso futuro. Em apenas um dia podemos caminhar muito...ou nada, e o pior, muitos optam por voltar aquilo que já foi percorrido... a raiva, a ira, a vingança, a falta de perdão, são sentimentos que te levam de volta ao ponto de partida... voltam ainda mais machucados... sozinhos, pois não raras vezes aqueles que aceitam caminhar contigo se cansam... e da próxima vez poderá ter que fazer o percurso só e na escuridão...”

Muito bem, qual é a sua escolha?

APRENDI COM JESUS QUE SE ALGUÉM TE DÁ UM TAPA NA FACE DIREITA, OFERECE-LHE TAMBÉM A ESQUERDA!

POR ISSO SEMPRE DIGO: “... prefiro que batam em mim ou condenem a mim, do que aqueles que amo...” certa vez me disseram: "Não machuques os outros com aquilo que fere a ti mesmo..." uma belíssima frase e que deve nos fazer meditar:

Será que não tenho batido e machucado aos outros?

Sim, foi o próprio Cristo que nos ensinou:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: "Ouvistes o que foi dito: 'Olho por olho e dente por dente!' Eu, porém, vos digo: Não enfrenteis quem é malvado! Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda! Se alguém quiser abrir um processo para tomar a tua túnica, dá-lhe também o manto! Se alguém te forçar a andar um quilômetro, caminha dois com ele! Dá a quem te pedir e não vires as costas a quem te pede emprestado". Mt 5, 38 – 42

Receber um tapa no rosto é uma experiência altamente ofensiva em qualquer cultura. Revidar é uma reação natural. O discípulo do Reino, porém, é orientado para agir de maneira diferente: jamais responder violência com violência. As primeiras comunidades cristãs viam-se pressionadas pela violência de seus perseguidores. Quanto mais sem fundamento é a violência, tanto mais perversa e maligna ela é. A violência contra os cristãos era deste tipo. Se pagassem com a mesma moeda a violência sofrida, que moral teriam para proclamar a excelência do mandamento do amor e a urgência da reconciliação? Caso se submetessem passivamente seriam dizimados dentro de pouco tempo. Se optassem por se dispersar ou por viver na clandestinidade, não poderiam realizar a missão de arautos do Evangelho que tinham recebido.

O gesto de oferecer a outra face é uma forma de resistência pacífica à fúria dos perseguidores. Significa que os discípulos de Jesus não temem quem os persegue; que recusam a se rebaixar ao nível de seus adversários; que buscavam eliminar a violência no seu nascedouro; e que é possível dar testemunho de um mundo novo onde a violência não tem vez.

Um dos desafios mais tremendos para os discípulos de Jesus consistia justamente nisso: "oferecer a outra face a quem lhes esbofeteasse a face direita".

Acreditem, não é fácil ser assim... O pior é que o diabo é eficiente e ele coloca o mal no coração das pessoas, pois por mais bem que tu faças ou tentes fazer, tenhas a mais absoluta certeza que mais dia ou menos dia, vais ser alvo de acusações falsas, dedos apontados em riste, será alvo de mentiras, inverdades, invenções, raiva, inveja, ódio, ira, ...

E aquele que se coloca a serviço do maligno sabe muito bem o que está fazendo de errado, porém, o mal o deixa cego e com o coração duro, machucado, ensanguentado... Assim, anda por aí, semeando aquilo que o diabo lhe pede... Mas não te preocupes, Jesus nos ensina que no dia do juízo final será separado o joio do trigo, os cabritos ficarão à esquerda e as ovelhas a direita e para esses haverá muito choro e ranger de dentes, porque fizeram uma escolha...

Agora medites: tens dado a outra face a bater ou tens servido de instrumento ao maligno e realizado o serviço para o qual satanás te convida?

Deus nos dá tantas oportunidades... Nos dá tantas chances... Coloca tanta gente na nossa vida, mas às vezes não nos damos conta e deixamos de usufruir dessa oportunidade que Ele nos dá. Certa vez ouvi alguém dizer: “Amigos são a família que Deus nos permite escolher...” e não raras vezes vemos tanta gente desperdiçando essa família, não aproveitando essa oportunidade que Deus nos dá de escolher e acolher essa família... com isso perdemos verdadeiros tesouros e depois vamos nos queixar de Deus e nos exclamar alegando que a vida é ruim, que Deus é injusto, que está sofrendo, depressão, solidão, tristeza, sensação de vazio... tudo por quê? Porque não soube manter os anjos e sirineus que Deus colocou na sua vida... desperdiçou a chance de ser feliz...

Concluo com um pedido de que medites o que tens semeado por aí... E também trago a frase com a qual comecei essa meditação...

“O tempo é o espaço de que dispomos para construir nosso futuro. Em apenas um dia podemos caminhar muito...ou nada...” E tu tens escolhido o que?
 
Lembre-se que do amor nasce o perdão... então perdoe e seja perdoado... pois ainda é tempo de recomeçar... de fazer exatamente aquilo para o que fostes chamado... a fazer exatamente aquilo que Cristo te pediu e te convidou... és inteligente e sabe qual é o caminho a ser percorrido para te reconciliar plenamente com Deus, pense nisso e sejas feliz!

Shalom!


Nenhum comentário:

Postar um comentário