quarta-feira, 25 de agosto de 2010

UMA AMIZADE É UM TESOURO SEM PREÇO - NÃO PODE SER TROCADA POR NADA!

Por Diácono Carlinhos


Caríssimos jovens, considerando que vocês estão numa fase de crescimento pessoal, espiritual, funcional, intelectual,... Hoje lhes proponho uma reflexão para que possamos verificar se realmente estamos valorizando aquelas pessoas que nos valorizam. É normal logo após um Retiro, sairmos cheios de planos, com vontade de dar e pedir perdão, com vontade de mostrar às pessoas a gratidão pelo quanto elas são importantes para nós... Mas não raras vezes, esse sentimento passa e começamos a proceder da mesma maneira anterior ao retiro (egoístas – rebeldes – insatisfeitos – infelizes...).

Vocês já notaram que às vezes acabamos dando valor e atenção a pessoas que não nos merecem, pessoas que apenas convivem conosco por interesse ou que nos usam dentro de seus desejos e necessidades especiais?

Será que não chegou à hora de olhar com maior carinho, respeito e compreensão as pessoas que realmente nos valorizam, que nos tratam com respeito, com amor e consideração, pois esses são nossos verdadeiros amigos. Cuidado! Usar as pessoas, também pode ser uma forma de egoísmo e se constitui em um pecado grave, do qual não nos damos conta.

Olhe para trás e reveja teus momentos de dificuldades... Durante teus problemas, tuas incertezas, tuas quedas, tuas dúvidas, tuas indecisões...

Quem estava lá? Foi importante aquela presença?

Soubestes reconhecer, ou apenas ignorou depois que passou toda a tormenta e irá só lembrar-se dessa pessoa quando outra tempestade se aproximar?

Olha! Eu acredito que Deus escolhe as pessoas certas no momento certo em toda nossa vida, embora às vezes não enxergamos isso ou não damos o devido valor, são justamente essas pessoas que estão lá, nos momentos mais difíceis de nossa vida. Por isso, temos que valorizar quem nos valoriza! Observem que às vezes a gente costuma perder tempo com quem não está nem aí para nós e esquecemos-nos das pessoas que realmente se importam conosco.

Eu os convido a meditar se estamos realmente valorizando e sendo justos com aqueles que nos valorizam... Nossa família, nossos verdadeiros amigos,... Aqueles que largam tudo ou às vezes se esvaziam de si (ao exemplo de Jesus = kenosis), para nos deixarem bem, abrem mão de tudo que teriam direito para nos darem as mãos, os pés, os ouvidos e o ombro.

Vamos analisar se porventura nós não estamos na verdade usando as pessoas, se elas não estão sendo meros objetos para nós, as chamamos, as usamos, as abandonamos, chamamos novamente, usamos, descartamos...

Observar se não raras vezes ficamos extremamente chateado com essas pessoas porque nos dizem a verdade, mas saiba que a Bíblia nos explica que alguns dos amigos mais perigosos são aqueles que sempre concordam conosco, apoiando-nos mesmo nas coisas erradas."Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir a canção do insensato" (Eclesiastes 7, 5). Atente que o amigo verdadeiro nos corrige, e a pessoa sábia procura ter amigos com coragem e convicção para repreendê-la quando for necessário.

Agora, por outro lado, o insensato evita pessoas que os corrige e critica, querem que as pessoas sempre digam que está certo, procurando aprovação acima de sabedoria. "O escarnecedor não ama àquele que o repreende, nem se chegará para os sábios... O coração sábio procura o conhecimento, mas a boca dos insensatos se apascenta de estultícia" (Provérbios 15, 12-14).

E você, jovem líder cristão, prefere que tipo de amigo?

O que te corrige ou o que se apascenta com a tua estultícia?

Sabemos que ninguém gosta de ser corrigido, mas todos nós precisamos de amigos que nos amam tanto que mostrem os erros:"Melhor é a repreensão franca do que o amor encoberto. Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos" (Provérbios 27, 5-6).

O jovem líder cristão deve se lembrar de que Deus o ensina através da Bíblia, nela encontramos muitas lições sobre nossa conduta e nossas amizades vejam a síntese de algumas:

· Escolher cuidadosamente os nossos amigos, evitando amizades que nos levariam ao pecado.

· Valorizar amigos que nos corrigem quando erramos.

· Cortar amizades que prejudicam a nossa vida espiritual, especialmente quando os "amigos" incentivam o pecado e estimulam os falsos valores.

· Seja amigo fiel e de confiança, especialmente nos momentos difíceis quando os amigos mais precisam de você.

· Sempre manter nossa relação com Deus acima de qualquer amizade humana, até porque, se nos afasta de Deus, não é nosso amigo.

Observem que as Sagradas Escrituras nos orientam sobre a escolha e o tratamento dos nossos amigos. Amigos têm muita influência em nossas vidas: "O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar" (Provérbios 12, 26). Por este motivo, a escolha de companheiros é um assunto de grande importância: "Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau" (Provérbios 13, 20). No final de contas, nossas escolhas não envolvem apenas pessoas, mas decidem a nossa direção na vida e na eternidade e disso depende também a alegria e a felicidade de nossa família.

Observem o que São Tiago 4, 4 - frisou quando perguntou: "Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (o mundo no sentido mundano conforme nos mostra o Papa).

É fácil escolher mal. Muitas pessoas que não amam a Deus e não respeitam a Palavra d’Ele nos oferecem a sua amizade. Às vezes, podemos influenciar tais pessoas pela nossa fé e o exemplo de uma vida reta. É por este motivo que estamos sempre lhes dizendo, fortaleçam suas amizades aqui (no CLJ) e os seus verdadeiros amigos que ainda não estão aqui, tragam-os para cá. Algumas pessoas querem nos induzir a pecar contra Deus. "Filho meu, se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas." (Provérbios 1, 10).

Quantos jovens são induzidos a usar drogas, ou até de se tornar traficantes, pela influência de "amigos"?

Quantos outros integram a gangues e acabam cometendo vários tipos de crime?

Quantos são induzidos ao mundo da orgia, do homossexualismo, da promiscuidade e da prostituição?

A Bíblia nos ensina ainda que algumas amizades precisam ser totalmente evitadas: "Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores" (Salmo 1, 1). Assim, por este motivo é que devemos evitar certos lugares e circunstancias que vão nos conduzir ao erro, dessas precisamos sair correndo: "Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento. A sabedoria do prudente é entender o seu próprio caminho, mas a estultícia dos insensatos é enganadora. Os loucos zombam do pecado, mas entre os retos há boa vontade"(Provérbios 14, 7-9).

Agora, uma vez que escolhemos bons amigos, também nós devemos ser bons amigos! As Sagradas Escrituras nos aconselham sobre as responsabilidades de companheiros fiéis. Ensina ainda que amigos verdadeiros não são interesseiros, mas aqueles companheiros fiéis que ficam nos bons tempos e nos maus tempos: "Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão" (Provérbios 17, 17). A amizade verdadeira traz benefícios mútuos, tem gente que é amiga só na hora da necessidade ou da satisfação, na hora da dor e da aflição, nos deixa na mão... Esse tenha certeza, não é um bom cristão.

Concluindo, TU REALMENTE VALORIZAS AQUELE QUE TE AMA?

Se por ventura ouviu algo a respeito dessa amizade, vindo de terceiros, teve a maturidade de sentar-se com esse amigo e dizer-lhe tudo o que soube e ouviu e lhe dado o direito de defender-se? Não esqueça que o diabo não tem e não gosta de amigos, então faz um esforço danado para acabar com as amizades verdadeiras, porque ele vê nelas a presença de Deus.

Caso tenha ouvido qualquer coisa a respeito de seu amigo que o tenha magoado, não espere mais, o tempo é agora: “sente-se com ele”... Deus estará presente neste momento. Lembre-se: UMA AMIZADE É UM TESOURO SEM PREÇO - NÃO PODE SER TROCADA POR NADA!

Em algum momento tu já agradeceste e reconheceste o esforço do outro em te fazer feliz? Alguma vez já demonstrou isso? Já disse muito obrigado por ser tão importante e por tudo que faz por mim?

Já escreveu um depoimento, já declarou isso em público, já escreveu uma carta, já o abraçou com vontade e declarou toda essa gratidão?

Se já fez isso... Parabéns! Caso ainda não o tenha feito, aproveite e faça, porque desconhecemos o amanhã e se deixarmos para depois o amanhã pode ser tarde demais.

Então! Começa por mim...

Muito obrigado por tudo que vocês fizeram e fazem por mim... E lembre-se que você é eternamente responsável por aquele que cativa.

Pense nisso! Tome uma atitude e que Deus os abençoe, hoje e sempre! Mais uma vez, muito obrigado por você ser tão importante para mim.

Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário