quinta-feira, 9 de junho de 2011

A DOR DE SABER...

Por Padre Zezinho

O certo sempre será certo e o errado sempre será errado...

PARE! PENSE! MEDITE! CORRIJA...

Muitos pais sofrem por saber! Sabem que seus filhos estão errados ouvindo mestres errados, seguindo ideias e costumes errados, a mando de alguém errado, crendo de jeito errado, ouvindo o pregador errado e não conseguem tirar seus filhos daquela gente e daquele caminho. Sentem que perderam a autoridade...

Muitos religiosos sofrem por saber. Sabem que aquela situação é errada, aquele jeito de ensinar a fé é errado, aquele enfoque é errado, atrasou a Igreja, atrapalha o caminhar de toda a Igreja, mas não conseguem convencer os fiéis de que há caminhos melhores e mais sensatos do que o do pregador ou o mundo que andam seguindo. Sentem que perderam a autoridade.

Há os que se frustram. Há os que esperam enquanto continuam ensinando o que lhes parece correto. Granizo, tempestades e ondas costumam passar. Quando passa há muito o que refazer e consertar, mas sua paciência consegue... não raras vezes, esses mesmos pais, filhos e jovens voltam aos pedaços... machucados, doloridos, usados, abusados, explorados, sofridos... muitos com marcas que levarão para o resto de suas vidas...

O mundo sempre foi assim. As pessoas correm atrás de quem dá o espetáculo mais agradável e canta a melodia mais envolvente, mesmo se não são o que há de melhor nem o de melhor conteúdo... amam ídolos, amam aqueles que dizem sim para tudo, desprezam aqueles que realmente se preocupam, aqueles que realmente educam, aqueles que realmente apontam o caminho... por quê? Ora simplesmente porque não sabem o sentido da autoridade do pai, do amigo, do irmão, do pregador... instalam a anarquia, a dor, a discórdia... preferem ouvir a voz da raiva, do ódio, do que a voz de Deus que pede amor, perdão, concórdia,...

Ora, é função do pai, do amigo, do irmão, do pregador corrigir, se não o fizerem não estão cumprindo o seu papel de batizados... a Palavra nos diz... “se teu irmão errou, vai lá e corrige”.

Quem estiver perdendo os filhos, amigos ou os fiéis examine-se. Se errou peça perdão. Se acha que fez e fez o certo, confie. Se o Reino de Deus é o que deve ser, se o amor é o que deve ser, você sobreviverá. A onda leva uns anos, mas passa. Com ela os que surfavam. Quando as câmeras e as barracas forem embora, eles irão juntos. Ficarão os que gostam do mar e não apenas daquele vento, daquelas ondas e daquela estação...

Os que realmente estão com Deus voltam, ouvem a Palavra, se arrependem, retomam o caminhar, retomam o projeto inicial, semeiam a paz, a amizade, a união, o perdão... dão exemplo de humildade, de sinceridade, de comunhão, superam as mágoas, as palavras ditas ou não ditas... simplesmente tomam a decisão... bem, agora vamos parar com isso e fazermos as pazes... nosso tempo de escuridão passou...

Meu irmão, me dá aqui tua mão, me dá teu ombro... vamos voltar, vamos caminhar, vamos cantar, vamos trabalhar juntos porque o Reino do Céus é grande, a messe é grande e os operários são poucos... só corrige, só pede para retomar o caminho aquele que ama, aquele que realmente preza, zela... porque pai, amigo, pregador, irmão, esses dizem “não”... quem diz “sim” para tudo que fazemos não é nosso amigo, não é nosso irmão... esse é do mundo e na menor tempestade vai nos deixar só...

Sim, eu te perdoo, sim, por favor me perdoe, sim eu ti amo, sim tu és importante para mim... vou acertar, vou errar contigo, mas é por amor, é por ti amar, querer o melhor para ti... obrigado por estar aqui nas horas em que mais precisei, desculpe-me fui injusto, fui egoísta, não fui leal, sim, mas tudo passou, vamos superar... Deus nos pede nesse momento, me dá tua mão, vamos juntos pra comunhão...

Vencerão os pais, os amigos, os irmãos mais pacientes!

O Amor é paciente, é benigno; o Amor não é invejoso, não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera e tudo suporta. O Amor nunca falha.

Pense nisso, corrija seu ato errado, muito que saber o “certo” lhe irrite, lhe cause revolta, indignaçao, faça o certo, corrija o ato errado do seu irmao, se deem as mãos e sejam felizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário