sexta-feira, 10 de junho de 2011

ATÉ ONDE DEVE IR O NAMORO?


Qual é o preço que eu coloquei pelo meu corpo?

Que fatores me fazem diferente, especial aos olhos de Deus?

Fazer sexo, significa fazer amor?

Você já acordou de manhã se sentindo um lixo?

Algo que foi usado e depois descartado, jogado fora?

A diferença entre eu e a prostituta é que ela era paga!

Sabe, hoje estou com casamento marcado... E O QUE EU MAIS GOSTARIA DE DAR, O PRESENTE QUE EU QUERIA ENTREGAR A PESSOA QUE REALMENTE ME AMA, ME RESPEITA E MERECIA A MINHA VIRGINDADE, MERECIA DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO QUE EU TIVESSE REALMENTE ME PRESERVADO, EU NÃO VOU PODER FAZÊ-LO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário