terça-feira, 28 de dezembro de 2010

OI, HOJE EU DECIDI! VOU VOLTAR AOS BRAÇOS DO PAI..

Por Diácono Carlinhos

Então vamos VOLTAR cantando, porque essa é uma decisão bíblica e ensinada pelo próprio Cristo:

♪♪♪Tem anjos voando neste lugar

No meio do povo em cima do altar

Subindo e descendo em todas as direções

Não sei, se a igreja subiu ou o céu desceu

Só sei que está cheio de anjos de Deus

Pois o próprio Deus, Ele está aqui♪♪♪

Sim, o próprio Deus está aqui!

Sempre há festa no céu quando uma pessoa volta para Deus, mas fique sabendo que o inferno se revolta com o nosso retorno. Que o demônio fará todo o esforço necessário para te manter longe do projeto que o Pai preparou para ti. Pois o nosso afastamento de Deus nos aproxima do demônio, o qual nos leva à tristeza, a angústia, a depressão, a discórdia, entre tantos outros fatores negativos para nossa família, nosso grupo social e até mesmo para nossa igreja. Quanto mais distante das obras de Deus, mais próximo das obras do demônio. Por isso o céu se alegra quando retornamos ao convívio do Pai.

A parábola do "Filho Pródigo" ou do “Pai Misericordioso” como também é conhecida, nos diz:“Vou voltar para meu pai.” (Lucas 15,18).

Sim, sempre é tempo de voltar para a casa do Pai. Nunca é tarde para refazer o caminho...

Os valores que Cristo nos mostra são contrários aos valores que o mundo nos propõe e nos apresenta. São justamente os valores do mundo os que desestruturam a minha família, meu grupo social e minha igreja... não é o que a Igreja me propõe que mata o diálogo dentro de casa, que acaba com os relacionamentos, são os valores do mundo que fazem isso (é a vaidade, o orgulho, a raiva, a mesquinharia, ...).

É exatamente isso que consta nessa canção que eu faço muitas vezes e não me dou conta:

♪♪♪ Quantas vezes eu falei como não devia.

Quantas vezes eu calei quando não podia.

Quantas vezes desprezei o amor que eu sentia.

Eu nunca imaginei ver meu pai chorar, um dia.

Hoje eu quero voltar aos teus braços e encontrar o abraço que eu deixei pra trás. Hoje eu quero voltar aos teus braços e encontrar o abraço que eu deixei pra trás. ♪♪♪

Sim, o filho pródigo ao pedir para o pai a sua parte da herança deve tê-lo entristecido muito. Deve tê-lo feito chorar, assim como muitos filhos fazem seus pais chorarem ao optarem pela herança do mundo. Assim, nós também fazemos com nossos pais quando optamos por aquilo que contraria a doutrina de Deus e os princípios da família Cristã.

O filho pródigo se encheu da família, da igreja, dos amigos, dos grupos sociais e foi conhecer o mundo mundano, gastar a herança que acreditava ser dele, optou pela falsa liberdade, pelo mundo do TER/PODER/PRAZER. Mas após algum tempo ele ficou no caos, perdeu até a dignidade de pessoa, e decidiu: “Vou voltar”.

Ao optar pelo mundo, perdeu a companhia, a paz, a harmonia e a segurança que a família lhe dava. Perdeu os verdadeiros amigos, optou pelas parcerias ou pelos conhecidos. Perdeu o contato com a Igreja. Perdeu a referência dos projetos que lhe haviam sido entregues por Deus. Assim, ele foi, mas chegou um exato momento, depois de ter feito tantas coisas que se deu conta de que havia se equivocado, pois todos nós nos equivocamos, nos enganamos, erramos isso é da natureza humana, com isso, decidiu voltar.

A canção VOCÊ nos diz:

♪♪♪ É pra você que eu canto essa, que eu canto com vontade de te ver aqui e voltar...

Você que esqueceu do que é a tal perseverança e da esperança de algo mudar

Você que insiste em me dizer que basta ser homem comum para poder testemunhar

Testemunhar o quê, já que fazer meio caminho está tão longe da chegada?

Você, você não saberá se não seguir pra ver o que há no fim da estrada...

Você, você não saberá da festa que Deus Pai prepara pra essa volta

É pra você que eu canto essa, que eu canto com vontade de te ver aqui e voltar

Você que esqueceu do que é a tal perseverança e a esperança de algo mudar

Você que insiste em me dizer que o seu tempo já passou e agora tem visão melhor

Me diga: que visão terá aquele que evitou chegar ao topo da montanha?

Você que mora ao meu lado, do lado do coração, você na frente do espelho, eu sou você, meu irmão...

Você que fica acordado imaginando o futuro, deixando Deus do seu lado, e Ele chamando você... Você!, Você! ♪♪♪

Sim, Deus chama você pelo nome... (Ele diz teu nome..., faz um sinal com a mão e diz: Vem!)

Deus sorri para ti e te diz... Deixa de sofrer e vem... Vem comigo!

Saiba que ir é muito bom, mas voltar é bom demais!

Não há problema em "dar um tempo". Não se constranja se você "deu um tempo". O próprio Cristo "dava um tempo" quando se recolhia para suas meditações, orações... mas nunca se afastou do projeto do Pai, portanto, se você já deu o seu tempo... volte!

Quando saímos de férias, passeamos e é muito bom, mas quando voltamos para nossa casa, por mais simples que seja, é bom demais. É lindo quando a pessoa decide voltar, principalmente, quando ela faz parte de uma família, é amada, reconhecida, tem seu lugar e grau de importância dentro do grupo. Jesus nos diz que o céu fica alegre, em festa. Sim, imagine o Pai na porta de braços abertos aguardando pelo seu retorno, pois é isso que a Bíblia nos assegura.

Ora, o futuro do mundo e da Igreja passa pela SUA FAMÍLIA, fala João Paulo II. Quando as pessoas aceitam o resgate, quando elas aceitam voltar, elas se tornam o futuro do mundo e o céu fica em festa.

Tu tens a tua família biológica e quem é cristão, tem o privilégio de ter a família espiritual... e essa família se alegra com a tua volta:

♪♪♪ E se por acaso a dor chegar / Ao teu lado vão estar

Pra te acolher e te amparar / Pois não há nada como um lar

Tua família volta pra ela / Tua família te ama e te espera

Para ao teu lado sempre estar ♪♪♪

Qualquer que tenha sido o motivo que te levou a “sair tua família, da tua igreja” (da sua comunidade, do seu grupo,...), qualquer que tenha sido o motivo pelo qual na verdade você tenha optado por deixar de fazer parte do Corpo de Cristo, volte. Não tenha medo, volte.

Simplesmente, diga, “Vou voltar para o meu pai” e retorne, você não precisa dar explicações, não precisa dar justificativas, apenas, volte. E Deus estará lá de braços abertos para te acolher, te dar roupas novas, um anel e fazer uma festa. Volte!

E lá estarão além de Deus teus irmãos, teus amigos e todos aqueles que te são caros, dizendo:

♪♪♪ Às vezes em certos momentos difíceis da vida

Em que precisamos de alguém prá ajudar na saída

A sua palavra de força, de fé e de carinho

Me dá a certeza de que eu nunca estive sozinho

Você meu amigo de fé / Meu irmão camarada

Sorriso e abraço festivo na minha chegada

Você que me diz as verdades com frases abertas

Amigo, você é o mais certo nas horas incertas

Não preciso nem dizer / Tudo isso que eu lhe digo

Mas é muito bom saber / Que eu tenho um grande amigo

Não preciso nem dizer / Tudo isso que eu lhe digo

Mas é muito bom saber / Que você é meu amigo♪♪♪

Sim, volte, não desanime, não desista... Vá lá e de um abraço bem forte no seu amigo... Depois juntos vão à Capela e agradeçam a Jesus por tudo que aprenderam. Isso é ser cristão. Isso é exercício de igreja. Isso é realmente saber o que se quer e tomar-se a decisão mais sábia e inteligente. Por que essa lição não é ensinada pelos homens, mas é ensinada pelo próprio Cristo como nos atesta a Bíblia Sagrada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário