segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

"TIO, EU SOU UM DESGRAÇADO!"

 
Essa foi uma das frases que encontrei no meu MSN hoje de manhã: “tio, eu sou um desgraçado”, enquanto que outro deixou: “tio, hoje é o meu primeiro dia de trabalho, estou muito feliz, obrigado por tudo, és um PAI, reza por mim...
Sentimentos e resultados antagônicos, mas ambos frutos de decisões. A jovem que começa a trabalhar hoje eu sei realmente da sua alegria e da sua felicidade, é merecedora disso mesmo.
Agora vou abordar sobre a situação do “jovem desgraçado”. Eu sabia dos planos e projetos dele para o final de semana e no fim não aconteceu nada do que planejara, não conseguiu concluir um só dos seus projetos... Fiquei pensando, quantos outros não devem estar com o mesmo sentimento desse jovem em virtude de planos ou projetos frustrados no final de semana... E tu, como foi teu final de semana? Bom ou ruim? Os dias que se passaram foram péssimos? Parece que tudo que planejou, sonhou, decidiu, pensou, programou está dando errado?
Esse jovem eu tenho certeza que me respondeu: “tio, minha vida hoje é um conjunto de frustrações e desilusões...”
Mas sejas justo, pense se não foram as palavras ditas ou não ditas que deram um rumo totalmente diferente para o que planejastes, sonhastes ou pensastes... As palavras têm esse poder, de concretizar ou arruinar completamente nossos sonhos e projetos...
Pois bem, hoje é segunda-feira...
É o dia de recomeçar no trabalho, é dia de voltar das férias, dia internacional de recomeçar o regime, dia de se estabelecer muitas expectativas ou metas... Agora, o resultado disso tudo vai depender da gente...
O meu caminhar me leva sempre na direção que estou caminhando, nunca ao contrário, ou seja, quem opta pelo caminho da direita ou esquerda chegara à esquerda ou direita, a não ser que troque o caminho... Então, repense... repense... repense... O que deu errado na minha vida nos últimos dias?
Tudo saiu como planejei? A partir de que fato ou fatos, momento, palavra dita ou não dita, começou a dar tudo contrário do que eu havia pensado? Culpa dos outros? Talvez...
Ah tá, então como sempre tu vais dizer que a culpa é minha?
Talvez não totalmente, existe uma boa parcela de participação dos outros, mas certamente a grande parcela do rumo das coisas são frutos das tuas decisões e tu em sã consciência e calma também sabes muito bem disso... Tudo começou a mudar a partir das palavras, gestos, atos ou omissões... da falta de perdão, de compreensão, de fé, de oração, da falta de silenciar por alguns momentos, de empatia (colocar-se no lugar do outro)... de humildade, de caridade, de respirar fundo e não dizer nada...
Tá, tá, tá... Que raiva! Que ódio! Que desgraça! Que praga! Sou mesmo um desgraçado! Nada dá certo! Sou bom, sou correto... Faço tudo certo e dá tudo errado! Para! Não diz nada, estou enfurecido... Vontade de matar meio mundo e castigar a outra metade... Poxa, olha só, ninguém olha para mim; ninguém lembra de mim; não gostam de mim, ... Ninguém me ama? Não sou importante para ninguém?
Pensamentos e sentimentos assim?
Estas sendo injusto... sabes que estás sendo injusto... quantos convites, quantas palavras te orientando para um outro caminho, mensagens, ligações, oportunidades,... Agora está indo para fundo do poço e sabes disso e queres que as pessoas vão contigo! Não, te seguras nas paredes, ergue teu braço, sejas humilde... deixa aqueles que estão se machucando e se expondo nas bordas do poço tentando te segurar te ajudar... não precisas ir no fundo do poço para saberes como é lá... por mais de uma vez já me disseram: “cara, o fulano é ruim, deixar cair no fundo do poço para aprender... vais te machucar também”, não me arrependo de ter me esfolado para auxiliar, machucado os braços nas bordas para trazê-lo de volta... Valeu a pena! Faria tudo de novo...
Concordo que talvez algumas oportunidades ou algo que programastes não tenha dado certo, mas isso faz parte da vida, porém, quantas outras oportunidades surgiram e tu não quisestes aproveitar, para quantas dissestes não, não quisestes abrir mão das tuas vaidades, teus princípios e valores equivocados... em sã consciência sabes que falo a verdade.
Achas que a revolta vai mudar alguma coisa?
Ei, toma consciência do mundo... Estás errado... Todo mundo erra, eu já errei dezenas de vezes e vou errar outras centenas... Então reconheças que teu temperamento, sentimento, valores, talvez tenham te cegado, te privado de alguma coisa...
Tudo bem, que pena ter acontecido, mas já passou... Já sofreu, talvez até já estejas arrependido de alguma palavra, de alguma decisão... então corriges... retoma teus planos e projetos... Corre atrás, refaz aquilo que ainda pode ser refeito (amizade; trabalho; estudo; projeto...)
Lembra, hoje é segunda-feira, dia de recomeçar...
Agora se continuar insistindo no caminho da esquerda, do confronto, da raiva, do ódio, da vingança... Mais coisas vão continuar dando errado, outros planos serão frustrados, mais tristeza se avizinha, mais raiva, mais sentimentos ruins, dor e sofrimento...
Mas por quê? Por que tudo isso? Eu sou uma pessoa boa, não sou ruim, faço as coisas certas... Simplesmente por um fato: NÃO SOUBE DEFINIR A HORA DE PARAR E RECOMEÇAR!
Faltou o “timer” para saber a hora de rever teus pensamentos, sentimentos e palavras... Faltou a grandeza do arrepender-se, do silenciar... Do dizer, tudo bem, isso aqui não deu certo, mas Deus está me dando outras oportunidades... faltou humildade para dizer sim à segunda opção.
Sim, a cada instante ele te dá à oportunidade de RECOMEÇAR...
Então recomeças... hoje é segunda, vai para o teu quarto, vai na Capela do Santíssimo e fala com Deus... procura teu Orientador Espiritual, conversa, ri, chora, xinga, se deu errado não precisa continuar dando errado... agora para isso precisas parar de ir na direção contrária, da raiva, do ódio, da ira, do confronto... isso não vai te levar a nada, não vai te levar a lugar algum...
Nesse momento, mesmo sem perceberes quantos anjos e sirineus (amigo/irmãos) estão aí na tua volta intercedendo por ti e tu não te dá contas... vejas bem, o caminho da esquerda vai te levar cada vez mais para longe dos teus sonhos e projetos.
Não tenhas vergonha, passa por cima de certos sentimentos e RECOMEÇA. Sim, busca orientação de pessoas que te amam, querem o teu bem, pessoas que podem interceder por ti, que querem o teu melhor e jamais vão te orientar ou indicar um caminho para o mal...
Começas pedindo perdão, desculpas, sai por ai, corrigindo e recolhendo os cacos que deixastes esparramados pelo chão... tu vais e tens direito de ser muito feliz, mas isso vai depender das tuas escolhas... Lembra: “A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS” e se tantas coisas deram errado, muitas foram frutos das tuas escolhas...
Não, tu não és um desgraçado!
Tu és importante e tens grande valor aos olhos de Deus, daqueles que te amam e também não esqueças tu és muito importante para mim... e se de alguma forma puder ajudar, sabes que podes contar comigo e que eu sempre estarei aqui.
Pensa com carinho nisso e RECOMEÇA!
Pensa, pensa, pensa... reza, reza, reza... decide nesse momento: hoje é segunda-feira e eu vou RECOMEÇAR a reconstruir aquilo que perdi, sim, ainda há tempo... eu te asseguro do fundo do meu coração que tudo pode mudar... CONTA COMIGO!
SHALOM!
 
Retirei do blog do tio carlinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário