terça-feira, 22 de novembro de 2011

À JÉSSICA MORAES!

Fui ao Blog do Tio Carlinhos para procurar algo para postar aqui e encontrei este texto sobre a Jéssica Moraes. Nada mais digno de que falar sobre ela e rezar muito pela sua recuperação



Diariamente tenho ido à UTI-HCB e presenciado a valentia com que essa menina (Jéssica Moraes) luta pela vida... um exemplo de fé e superação... foi opção dela, quando se sentiu muito fraca o “coma induzido”... sabia e tinha plena consciência do seu quadro clínico, das suas condições de saúde... confortou os familiares e comunicou à mãe de sua decisão... pediu a mãe que me avisasse de sua situação e falou sobre a importância do CLJ em sua vida.

Ah, a mãe... Maria, esse é o nome dela... com uma valentia invejável... conforme ela mesmo diz: “estou morando no hospital e só saio daqui quando minha filha sair...”, assim, como a Maria a Mãe de Jesus, eu a encontrei ontem (21/11) na Capela do Santíssimo que tem dentro do hospital... ajoelhada aos pés da cruz e clamando à Deus pela recuperação da filha... sim, mãe no sentido mais amplo... mãe que ama, que cuida, zela, acompanha, intercede...

A Jéssica teria muitos motivos para desistir de viver... muitos motivos para se abater, para se sentir abandonada por Deus, para se lamentar (porquê eu?), mas não! Está lá... firme e forte lutando para se manter viva... sendo um exemplo a ser seguido por todos nós... sendo mantida por aparelhos, recebendo sangue de irmãos que talvez jamais vai conhecer... sendo cuidada por muitos médicos e de uma equipe clínica zelosa, atenciosa e dedicada...A situação da Jéssica deve servir de exemplo, principalmente para outros jovens e em especial aos seus irmãos do CLJ.

Quantos valorizam coisas pequenas. Quantos deixam de viver a vida de forma correta, saudável e integra... quantos desistem ou se exclamam na menor adversidade... quantos valorizam e alimentam o ódio, a raiva, o rancor... sendo que no momento da adversidade a gente precisa de todos...

Se tu estás bem, te mantém assim... cuida do teu corpo, da tua saúde, não o mutila, não o expõe às propostas do mundo, não te exclama de tua situação, pelo contrário, vê no exemplo de nossa jovem amiga/irmã todos os conceitos de conservação, superação e manutenção da vida.

Tira uma hora do teu dia para rezar pela Jéssica e pela sua família nessa hora de aflição... te ajoelha, abre tua Bíblia, acende uma vela e fala com Deus... a oração do justo vai direto ao coração de Deus.
Certa vez li o artigo “A beleza de viver o hoje” - ( Onde nossa vida é comparada como uma viagem de trem com embarques e desembarques) e fiquei pensando, refletindo como a vida é passageira e como nós, seres humanos, muitas vezes não vivemos, mas passamos pela vida.

Na correria do dia a dia não percebemos nossa condição de seres limitados; nossos afazeres, por vezes, não nos possibilitam esta reflexão. Planejamos,trabalhamos, estudamos, dedicamo-nos diariamente a inúmeras coisas, mas deixamos de ter em mente algo que pode mudar nossas atitudes, comportamentos e decisões; esquecemos que o presente (que se chama hoje) é para ser “vivido” (muitos confundem com aproveitado e cedendo às propostas do mundo mundano). Vivido da melhor maneira possível, amando, compartilhando, ajudando, pois poderemos não ter o amanhã, ou pior, não termos no amanhã as pessoas que mais amamos.

Realmente nossa vida é como uma viagem de trem com embarques e desembarques. Mas nós é que escolhemos em que vagão viajaremos e como faremos a viagem. Observe quais pessoas viajam contigo nesse momento, são frutos do teu SIM. Valorize aqueles que te auxiliam ficar nesse vagão com essas pessoas.

Essa mensagem nos faz ver como é passageira esta viagem [a vida] e, por vezes, somos surpreendidos com o desembarque de alguém que tanto amamos. Mas o trem volta a trilhar o caminho, e, mesmo depois do desembarque, temos que seguir, pois a viagem continua e não sabemos em que estação vamos desembarcar. E para o desembarque não precisamos morrer, são mudanças, transferências, alterações nos grupos sociais...

Confesso que essa mensagem sempre me toca, pois no corre-corre da vida, de agendas lotadas, compromissos aos milhares, deixamos de perceber a importância do dia de hoje. Devemos arranjar um tempo para vivermos as coisas simples da vida que nos fazem felizes, para estarmos ao lado das pessoas que nos amam e que amamos.

Precisamos viver a vida amando, perdoando, fazendo o bem, de bom humor, sem nos deixar abater por coisas que não merecem importância. Tirando das críticas e dificuldades força para seguir em frente. Vendo sempre o melhor das pessoas, não só seus defeitos, pois afinal, também temos os nossos. Tirando dos obstáculos e sofrimentos ensinamentos que nos fazem amadurecer e seguir mais fortes. E sem nos esquecer de que nessa viagem, Deus está ao nosso lado e nunca nos abandonará.

Parabéns e muito obrigado Jéssica pelo teu exemplo e testemunho. Lembro com carinho no dia que dissestes “SIM” ao CLJ na Comunidade São Francisco. Rogamos a Deus para que continues conosco nessa viagem por muito tempo, pois muito tens a nos ensinar... muito obrigado por seres o que és em nossas vidas...
Também lembro com carinho das tantas e tantas vezes que conversamos e falamos sobre a vida e as suas adversidades... apesar da tua pouca idade és uma grande professora no aspecto “superação” e te pedimos que superes mais essa.

Continuamos rezando por ti e tua família... e quando toda essa tempestade passar, queremos sentar contigo no alto da Torre da São José para podermos falar sobre amizade, união, fé, esperança, perdão, caridade...
Que Deus te abençoe e te proteja, hoje e sempre, rezemos: Ave Maria cheia de Graça o Senhor é convosco... Santo Anjo do Senhor...


Obrigado por seres o que és... És muito importante para mim!
SHALOM!

Fonte: http://www.diacono-carlinhos.blogspot.com/
Postado por: Gabriel Knappe

Nenhum comentário:

Postar um comentário