quarta-feira, 28 de março de 2012

Onde estamos colocando nossas raízes?


O que Deus mais quer nos falar hoje é que a luz é feita para ficar onde ela seja capaz de iluminar todos os que estão próximos dela. Na Palavra de Deus, quando se fala "lâmpada" não é como entendemos hoje em que tudo é movido à eletricidade. Antigamente as pessoas obtinham a lâmpada por meio de uma chama mantida com azeite. 

Certa vez, um filósofo afirmou que, se alguém falar mal de nós, não nos preocupemos com isso, porque, às vezes, seria pior se dissesse a verdade. Enquanto falarem mal de nós ou alguma mentira, louvemos a Deus por isso, fiquemos em paz, porque a verdade será revelada. Muitas vezes, a mentira que falam a nosso respeito não é tão danosa quanto a verdade existente em nosso interior, a qual poderia ser pior do que a própria mentira se ela fosse descoberta. Portanto, fiquemos em paz sobre o que é mentiroso dito a nosso respeito, pois, muitas vezes, uma mentira não é tão má quanto a verdade que escondemos e que precisa de conversão. 

Não podemos ignorar que a Palavra de Deus se cumpre, então, tudo aquilo que nós escondemos será um dia revelado. A vida do ser humano é como a vida de uma árvore: quando jovem é vigorosa, oferece sombra, frutos, possui raízes firmes e sólidas, fixas no solo. Algumas vezes, com aparência frágil, mas impossível de ser arrancada com facilidade por causa das raízes. Quando a árvore envelhece muitos sinais são revelados, o tronco fica velho, feio, não produz frutos com antes, falta-lhe vigor, e a principal evidência do envelhecimentos são as raízes expostas. Ou seja, aquilo que era oculto vem à tona ao envelhecer. 

Da mesma forma, na velhice do ser humano aquilo que foi vivido na juventude fica evidente nessa fase, as raízes ocultas do coração começam a aparecer. Se uma pessoa tem suas raízes na santidade, isso ficará mais à mostra nessa fase [velhice]. Tudo o que nós fomos um dia será manifestado com mais força na velhice. 

De um jeito ou de outro, tudo o que nós escondemos um dia vai ser manifestado. Então, hoje temos a oportunidade de escolher o que queremos ver revelado na nossa velhice: aquilo que é bom ou mau? Façamos hoje uma reflexão sobre onde estamos colocando nossas raízes.

A luz que é acesa na nossa vida quando Deus está conosco não é para acusar, e sim para nos iluminar e nos trazer remédio, saúde e nos devolver o bem-estar. Essa luz que se acende no coração e na alma do ser humano é a fé, é o próprio Espírito Santo. Ela ilumina para fazer o bem e nos guiar segundo a vontade de Deus. 

Uma pessoa guiada pelo Espírito Santo não deve se afetar pelas coisas que os outros dizem.


Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Postado por: Jéssica Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário