sexta-feira, 2 de abril de 2010

Páscoa, a Festa das festas




Muito além de comer peixe e comprar chocolates, ou até mesmo colher chá de macela, a Páscoa é a maior festa do calendário da Igreja Católica. De acordo com a tradição cristã, é o momento de renovação e acreditar que Deus é bom e está perto dos homens na Terra.

É a vitória do bem sobre o mal. Jesus vence a morte e todo o sofrimento por nós. O real sentido da Páscoa está na transformação e na purificação do ser humano, através da ação de Deus que se fez humano e habitou nosso mundo.Jesus morreu na cruz e enfrentou todo o sofrimento em prol da humanidade. Para sabermos que a vida não termina com a morte.

Outra comemoração que acompanha a festa da Páscoa é a instituição do Sacramento da Eucaristia. “]Jesus está presente conosco através do pão e do vinho, presentes na Última Ceia, que aconteceu na Quinta-Feira Santa. Assim, cada vez que, no ritual de consagração da missa, o celebrante mostra a Hóstia e o Cálice, Jesus Cristo se faz presente no altar.


No que diz respeito à questão comercial, é natural do ser humano querer agradar, principalmente às crianças, por meio de presentes. Isso sempre é bom, ainda mais chocolate. Contudo, o que não deve ser esquecido é o valor religioso da data,principalmente, a vitória do bem sobre o mal.

É Páscoa também para quem está doente ou com falta de fé. Esses devem procurar Jesus e trazê-lo para perto de si. Jesus renova a fé e ajuda a enfrentar o que não é bom. A comemoração deve começar no sábado à noite. Na quinta e na sexta-feira e até mesmo no sábado, durante o dia, os cristãos ficam na expectativa. Já no sábado à noite, durante a Vigília, é o momento de alegria da Páscoa. Devemos transbordar felicidade. Agradecer e celebrar a vitória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário